Covid-19

Prefeito do RJ brinca em 'seguir o bonde' e proibir 'litrão' para não vacinados

Eduardo Paes disse que está pensando em proibir moradores de beber cerveja caso não estejam vacinados contra COVID

Ana Mendonça - Estado de Minas
postado em 12/01/2022 21:09 / atualizado em 12/01/2022 21:09
 (crédito: ANDRE BORGES)
(crédito: ANDRE BORGES)

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PSD), usou as redes sociais nesta quarta-feira (12/1) para fazer uma piada sobre a vacinação na cidade. Em tom de brincadeira, o prefeito disse que pretende “seguir o bonde” de Québec, no Canadá, que proibiu os moradores de comprar e utilizar cerveja e maconha (que é liberada no país) caso não estejam vacinados.

“Pensando em pegar esse bonde e proibir o litrão (uma gelada) pra eles aqui no Rio”, escreveu Eduardo Paes.

Segundo a Secretaria municipal de Saúde do Rio, 90,7% dos internados na rede SUS da capital fluminense não completaram o esquema vacinal, incluindo a dose de reforço, e 38% não tomaram nem a primeira dose.

Apesar de a cidade ter 81% da população total com esquema vacinal completo pelas duas doses e 28% com a dose adicional, ainda há 30 mil pessoas sem vacinar.

Nesta quarta-feira, foi anunciado que a província de Québec, a segunda mais populosa do Canadá e a que registra mais casos da variante ômicron no país, registrou um aumento de 400% na procura por vacinas contra a COVID depois de determinar que só os imunizados poderão comprar bebidas alcoólicas ou maconha.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE