PETS

Confira quatro características do gato da raça norueguês da floresta 

Curioso e sociável, ele é um companheiro ideal para tutores que amam um felino explorador e brincalhão

O gato da raça norueguês da floresta é famoso pela  pelagem exuberante (Imagem: AnnaPh | Shutterstock) -  (crédito: EdiCase - Pets -> Revista do CB)
O gato da raça norueguês da floresta é famoso pela pelagem exuberante (Imagem: AnnaPh | Shutterstock) - (crédito: EdiCase - Pets -> Revista do CB)
EdiCase
postado em 08/03/2024 15:50 / atualizado em 08/03/2024 15:52

O gato norueguês da floresta, conhecido por sua exuberante pelagem e aparência selvagem, tem uma origem enraizada nas lendárias florestas frias da Noruega. A história desse felino resistente e adaptável remonta há séculos. Ele ganhou destaque como uma figura venerada na mitologia nórdica. Acredita-se que essa raça tenha sido companheira de divindades escandinavas, guardando os bosques e navegando com os vikings em expedições.  

A seguir, conheça algumas características interessantes do gato da raça norueguês da floresta!    

1. Aspectos físicos 

Uma das características mais particulares dessa raça é a pelagem exuberante e densa, composta por um subpelo isolante e uma camada externa longa e sedosa. Ela se estende por todo o corpo, destacando-se na juba ao redor do pescoço, na cauda longa e peluda e nas patas. Sua aparência majestosa é acentuada por olhos grandes e expressivos, frequentemente em tons de verde ou dourado, conferindo-lhe uma expressão atenta e cativante. 

Segundo informações da TICA (The International Cat Association), ele possui cabeça triangular, com orelhas pontiagudas e ligeiramente inclinadas para a frente. Além disso, as cores da pelagem vão desde o branco puro até matizes de marrom e cinza. Em termos de tamanho, esses felinos podem atingir até 45 cm de altura e pesar entre 4 e 7 kg. 

2. Temperamento e personalidade 

Este felino é conhecido pela natureza afetuosa e amigável, sendo geralmente sociável tanto com membros da família quanto com outros animais de estimação. Sua inteligência e curiosidade o torna um companheiro cativante, sempre explorando seu ambiente com entusiasmo.  

Apesar de seu passado como caçador nas florestas escandinavas, esses gatos tendem a ser gentis e pacíficos, revelando uma disposição tranquila e brincalhona. Além disso, são conhecidos por se adaptarem bem a diferentes ambientes, tornando-os gatos ideais para lares diversos. 

Gato com a pelagem cinza e preta deitado no chão
O norueguês da floresta precisa de uma alimentação balanceada para garantir a sua saúde (Imagem: moukelis | Shutterstock)

3. Cuidados com a alimentação e a saúde? 

Uma dieta balanceada é essencial para manter a saúde e a vitalidade desses gatos. Optar por rações de alta qualidade, que atendam às necessidades específicas da raça, é uma prática recomendada. Além disso, é importante monitorar a ingestão de alimentos, bem como ajustar as porções conforme necessário, evitando o excesso de peso. 

Os noruegueses da floresta são geralmente resistentes a doenças, mas é crucial fornecer cuidados regulares, incluindo vacinações, exames veterinários periódicos e tratamento contra parasitas. Manter a higiene bucal é fundamental, e escovar a pelagem longa ajuda a prevenir emaranhados. Além disso, oferecer espaços para escaladas e brincadeiras é uma excelente maneira de manter o bem-estar físico e mental dos bichanos. 

4. Educação e socialização? 

Esses gatos aprendem facilmente com estímulos positivos. O uso de brinquedos interativos e o reforço positivo são eficazes para treinamento e enriquecimento mental. A interação com outros animais e pessoas desde cedo contribui para um comportamento equilibrado.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br