Cidades

Resumo do Dia: confira as notícias sobre a pandemia no DF nesta terça

Lotação de 81% nas UTIs, 38 mortes em 24 horas, uma máquina que inativa o vírus com radiação e reabertura das academias e salões são algumas das notícias

Correio Braziliense
Correio Braziliense
postado em 07/07/2020 21:30
 (foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
(foto: Ana Rayssa/CB/D.A Press)
Academias tiveram volta tímida, com poucos frequentadoresReabertura - As academias e salões de beleza reabriram nesta terça, mas houve pouco movimento: frequentadores estão receosos. A Justiça determinou que GDF teste dentistas a cada 15 dias para covid-19: a falta de testes para a classe pode ser caracterizada como omissão.

Casos - O Distrito Federal registrou 38 mortes pela covid-19 em 24 horas. Ao todo, de acordo com o último boletim da Secretaria de Saúde, divulgado na noite desta terça-feira (7/7), são 701 óbitos pela doença na capital federal. Até o momento, 62.694 infecções pelo novo coronavírus foram registradas no DF.
Transporte público - A UnB participa de uma pesquisa para avaliar como a pandemia influencia o comportamento da população na mobilidade urbana. Enquanto isso, o MPDFT e o MP-GO determinaram que a frota de ônibus do Entorno não pode ser paralisada ou reduzida.


Pesquisa - Uma máquina desenvolvida na UnB usa radiação para inativar o coronavírus e foi criada por uma equipe que quer torná-la acessível por um preço mais em conta do que as disponíveis no mercado.


Hospitais - O DF tem 664 pacientes com covid-19 internados em UTI e a taxa de ocupação chega a 81%. No Hospital de Santa Maria, os servidores utilizam tablets para permitir que pacientes conversem com familiares.


Penitenciárias - Os familiares de presos protestaram em frente ao Palácio do Buriti para pedir a volta das visitas presenciais, que foram suspensas há quatro meses: eles alegam que não têm informações sobre os parentes e que o sistema de comunicação on-line não funciona.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação