Caso Lázaro

Lázaro Barbosa estuprou uma mulher em abril deste ano no DF

A Delegacia de Atendimento Especial à Mulher 2 cuida do caso. Caso ocorreu no Sol Nascente

Samara Schwingel
postado em 16/06/2021 20:26 / atualizado em 16/06/2021 20:32
 (crédito: PCDF/Divulgação)
(crédito: PCDF/Divulgação)

Além de matar uma família no Incra 9 e fazer reféns durante a fuga, Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, cometeu, pelo menos, mais um crime em 2021. Em 26 de abril, ele invadiu uma casa no Sol Nascente, no Distrito Federal, prendeu duas pessoas e sequestrou uma mulher de 39 anos. Após levá-la para uma área de mata fechada, ele a estuprou

O caso é investigado pela Delegacia de Atendimento Especial à Mulher 2 (Deam 2). De acordo com a delegada-chefe da unidade, Adriana Romana, ele agiu sozinho e estava armado. "Ele arrombou a porta, entrou no local e fez o pai e o filho reféns, os prendendo em um quarto", diz. 

Depois, ele estuprou a mulher em uma área de mata fechada e fugiu. Desde então era considerado foragido. "Em 9 de junho, tivemos o resultado de um laudo pericial que comprovou a autoria dele no crime", completa a delegada. Adriana diz que a vítima está muito abalada com os últimos acontecimentos envolvendo Lázaro. As investigações do caso ainda estão em andamento. 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE