CORONAVÍRUS

Taxa de transmissão da covid-19 cai no DF, mas fica no limite do recomendado

Indicador diminuiu de 1,02 para 1, nas últimas 24 horas. No entanto, resultado indica que pandemia avança, pois cada grupo de 100 infectados é capaz de transmitir a doença para, em média, outras 100 pessoas

Pedro Marra
postado em 12/08/2021 18:24 / atualizado em 12/08/2021 18:25
 (crédito: Kaust/Ivan Viola/Divulgação)
(crédito: Kaust/Ivan Viola/Divulgação)

A taxa de transmissão da covid-19 no Distrito Federal caiu, nesta quinta-feira (12/8). O índice diminuiu de 1,02 para 1 nas últimas 24 horas, segundo a Secretaria de Saúde (SES-DF). Apesar da queda, o indicador se encontra no limite do recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), pois os casos de infecção só apresentam desaceleração quando o resultado fica abaixo de 1.

De quarta (11/8) para esta quinta-feira (12/8), o DF registrou mais nove mortes provocadas pela doença, sendo as vítimas cinco mulheres e quatro homens. Uma delas não morava em Valparaíso (GO). Com os novos registros, o total de óbitos subiu para 9.781.

Em relação aos casos, com a confirmação de 661 novos, o DF passou de 457 mil infectados pela covid-19. A média móvel desses registros nos últimos sete dias ficou em 608,57, caindo 12,5% na comparação com o verificado 14 dias atrás. Já o indicador de mortes fechou o dia em 13,14, quase 26% a mais que o resultado de duas semanas antes. 

 

Epicentro da pandemia no Distrito Federal, Ceilândia segue com mais de 50 mil casos confirmados e 1,5 mil mortes. Em Taguatinga, o número de óbitos é de 950, e os diagnósticos positivos somam 36 mil. Em Samambaia, há 734 vítimas causadas da covid-19 e 25,3 mil infectados. No Plano Piloto, são mais de 44 mil moradores que contraíram o vírus, dos quais 659 morreram. As quatro regiões administrativas  se encontram no topo da lista de cidades do DF com mais casos e vidas perdidas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE