7 de setembro

'Firmes pela democracia': Ibaneis agradece 'espírito cívico' após atos na Esplanada

Governador se manifestou pelas redes sociais e elogiou atuação das forças de segurança do Distrito Federal, nesta terça-feira (7/9). Além dele, a primeira-dama, Mayara Noronha, pediu mais "controle emocional"

Ana Isabel Mansur
postado em 08/09/2021 00:15 / atualizado em 08/09/2021 00:25
Durante o feriado de Sete de Setembro, referente à Independência do Brasil, milhares de pessoas se reuniram na Esplanada dos Ministérios, no Congresso Nacional e na Torre de TV -  (crédito: Carlos Vieira/CB/D.A Press)
Durante o feriado de Sete de Setembro, referente à Independência do Brasil, milhares de pessoas se reuniram na Esplanada dos Ministérios, no Congresso Nacional e na Torre de TV - (crédito: Carlos Vieira/CB/D.A Press)

Após as manifestações a favor e contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) desta terça-feira (7/9), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), e a primeira-dama e secretária de Desenvolvimento Social do DF, Mayara Noronha, usaram as redes sociais para opinar sobre os atos. Durante o feriado de Sete de Setembro, referente à Independência do Brasil, milhares de pessoas se reuniram na Esplanada dos Ministérios. 

O chefe do Executivo local afirmou que o Distrito Federal recebeu manifestações de "todas as posições políticas" e agradeceu às forças de segurança da capital federal pela atuação durante os protestos, aos quais se referiu como "jornada cívica."

Pouco tempo antes, Mayara Noronha postou foto abraçada à bandeira do Brasil e de frente para o Congresso Nacional, além de um registro ao lado do marido, em evento público. Não é possível saber, porém, se o casal esteve nos atos desta terça (7/9).

No texto das imagens, a primeira-dama minimizou os lados políticos antagônicos e pediu a bênção de Deus àqueles "que têm o poder de nos direcionar em nosso país." Mayara também clamou por controle emocional para lidar com uma sociedade "afetada emocionalmente e socialmente."

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE