Infraestrutura

Vídeo: cano d'água estoura e abre cratera em rua de Vicente Pires

O buraco surgiu na manhã desta segunda-feira (25/10) na Rua 4A, cruzamento com a rua 4, próxima à Feira do Produtor

Edis Henrique Peres
postado em 25/10/2021 14:13 / atualizado em 25/10/2021 14:39
 (crédito: Marcelo Ferreira/CB/DA Press )
(crédito: Marcelo Ferreira/CB/DA Press )

Os moradores de Vicente Pires enfrentaram, nesta manhã de segunda-feira (25/10), mais um desafio na região administrativa. Dessa vez, o rompimento de um cano de 125 milímetros de diâmetro é apontado como o causador de uma cratera na rua 4A, próxima à Feira do Produtor.

Quando a equipe de reportagem chegou ao local, por volta das 11h20, a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) tinha aberto ainda mais buraco para fazer o reparo. O Correio apurou que a expectativa da Caesb é finalizar a obra até o fim desta tarde. A Companhia pretende deixar o trecho pronto para receber o asfalto.

Os funcionários trocaram o cano danificado e, a cada 30cm terra adicionada para tapar o buraco, compactavam o terreno com o trator. O objetivo é impedir que novos casos de rompimento da rede causem os mesmos danos.

Devido às obras no local as vias de ligação entre a Rua 4A e Rua 4 foram interditadas Os moradores alegam que o problema é recorrente na região. Dantieli Santos, 25 anos, mora em Samambaia, mas trabalha como atendente em Vicente Pires e confessa ter problemas frequentes. “Aqui a gente sempre passa por isso, quando chove mesmo, desce muita água nessa rua. Acaba prejudicando a locomoção da gente, fica muito alagado”, conta.

Além dos buracos e alagamentos, William Pereira Martins, 31 anos, atendente e morador de Vicente Pires, reclama da falta de água. “Pelo menos uma vez por semana falta água lá em casa. Hoje mesmo, às 7h da manhã a água estava bem fraquinha. Sempre os canos de água estão estourando”, relata.

A equipe de reportagem entrou em contato com a Caesb, que explicou que, "em virtude da realização das melhorias de infraestrutura em Vicente Pires, pode ocorrer momentaneamente ajustes no sistema de abastecimento de água e coleta de esgoto".

Infraestrutura

A Rua 4A tem dois trechos em obras devido a ligação de caixas de drenagem pluvial. O Correio apurou que este trecho está em obras há mais de um mês e que tem expectativa de ficar pronto até o fim de novembro.

Além disso, a região administrativa conta com melhorias de pavimentação, meios fios, sinalização, galeria subterrânea, drenagem urbana e rotatória em diversos pontos. As obras começaram em 18 de junho deste ano e a previsão é que sejam concluídas até junho do ano que vem. O valor do empreendimento em toda a RA é estipulado em R$35.651.105,89.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE