2 de novembro

Dia de Finados: veja preços dos produtos e serviços funerários no DF

Entre tantas possibilidades, a Campo da Esperança define seis serviços como "indispensáveis" em "preços mínimos", veja todos:

Ronayre Nunes
postado em 01/11/2021 21:38 / atualizado em 01/11/2021 22:07
Os valores são variados e, sem planejamento, podem pegar as famílias de surpresa -  (crédito:  B?rbara Cabral/CB/D.A Press)
Os valores são variados e, sem planejamento, podem pegar as famílias de surpresa - (crédito: B?rbara Cabral/CB/D.A Press)

O Dia de Finados, desta terça-feira (2/11), é uma oportunidade para encarar um assunto indigesto para muitos: a morte. E mesmo desagradável, o tema, contudo, é uma das únicas certezas desta vida, e saber como planejar o momento pode ser um importante passo para lidar com as dores de forma mais madura (e menos estressante).

Por isso, o Correio fez um levantamento junto a empresa Campo da Esperança Ltda (que administra os seis cemitérios da cidade) e a Secretaria de Estado de Justiça e Cidadania do Distrito Federal (Sejus-DF) para entender melhor como funcionam os valores envolvidos nos produtos e serviços funerários na capital.

A priori, é importante entender que um enterro envolve duas vertentes — pelo menos no DF: os serviços da Campo da Esperança e os serviços funerários. No primeiro contexto, a população terá serviços como o arrendamento, construção e manutenção de jazigos, locação de capelas dos cemitérios, serviços de sepultamento e até identificação de títulos perpétuos. 

Leia também: Cemitérios do DF terão horários e protocolos diferenciados este ano 

Entre tantas possibilidades, a Campo da Esperança define seis serviços como “indispensáveis” em “preços mínimos”. São eles:

  • Jazigo de uma gaveta: R$ 867,33
  • Arrendamento de jazigo por 10 anos: R$ 160,25
  • Locação de capela simples: R$ 24,04
  • Prestação de exumação: R$ 278,42
  • Remoção de despojos: R$ 26,03
  • Serviço de sepultamento: R$ 24,04

Confira ainda o que abre e o que fecha no DF durante feriado prolongado 

Vale lembrar que a aplicação destes valores é relativa. Segundo a assessoria da empresa, se uma família já tiver comprado um jazigo de três gavetas (em que alguma esteja desocupada), por exemplo, não será necessário a compra de uma nova.

A lista completa dos serviços da Campo da Esperança você pode ler neste link (inclusive com o preço de construção de um jazigo de três gavetas, que fica por R$ 8.046,57).

Outro gasto significativo de um enterro pode vir dos serviços funerários escolhidos por cada pessoa. Naturalmente, a variação do preço destes serviços pode ser considerável dependendo de cada casa funerária. Entretanto, a Sejus-DF, por meio da Subsecretaria de Assuntos Funerários, mantém uma tabela* que estipula o “menor custo total para serviços funerários sem a realização da formalização”: para crianças (com uma urna padrão de 0,60m), o valor fica em R$ 351,29; para adultos, o valor fica em R$ 650,47. Todos os outros valores podem ser conferidos aqui.

Veja aqui as funerárias cadastradas no DF (com os respectivos contatos).

Sepultamento social

De acordo com informações da Sejus, famílias com renda inferior a meio salário mínimo por pessoa têm direito ao sepultamento gratuito. Os responsáveis pelo falecido deverão comparecer ao Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) ou Centro de Referência Especial e Assistência Social (CREAS) de sua Região Administrativa e pedir o direito ao sepultamento social. Os endereços podem ser consultados aqui

 

* nos termos do parágrafo único do art. 8º da Lei n.º 2.424/99, combinado com o disposto dos artigos 5º e 10º, ambos, do Decreto n.º 28.606/2007, editada pela Portaria n.º 213, de 16 de março de 2021, DODF de 17/03/2021, páginas 16 e 17. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE