INUSITADO

Foragido da Justiça dorme em rede em parada de ônibus no Sudoeste e é preso

PMDF constatou que, contra o homem, havia dois mandados de prisão em aberto. Abordagem foi feita após policiais perceberem que suspeito impedia usuários de aguardar por ônibus

Correio Braziliense
postado em 11/11/2021 17:58
No momento da abordagem, de acordo com a polícia, o homem ficou nervoso, não respondeu aos questionamentos dos PMs nem quis se identificar corretamente, além de não ter informado acerca de antecedentes criminais -  (crédito: PMDF/Divulgação)
No momento da abordagem, de acordo com a polícia, o homem ficou nervoso, não respondeu aos questionamentos dos PMs nem quis se identificar corretamente, além de não ter informado acerca de antecedentes criminais - (crédito: PMDF/Divulgação)

Um homem que dormia em uma rede e atrapalhava pedestres em parada de ônibus na quadra CLSW 303 do Sudoeste foi preso pela Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), na noite desta quarta-feira (10/11). O rapaz era foragido da Justiça e, contra ele, havia dois mandados de prisão em aberto.

Segundo a PMDF, policiais militares do 7º Batalhão faziam patrulhamento ostensivo na área quando avistaram que um homem deitado em uma rede na parada de ônibus estava atrapalhando os transeuntes que esperavam pelo transporte público.

Os policiais, então, foram ao local para orientar o indivíduo e, no momento da abordagem, de acordo com a polícia, o homem ficou nervoso, não respondeu aos questionamentos dos PMs nem quis se identificar corretamente, além de não ter informado acerca de antecedentes criminais.

Diante do comportamento, os policiais fizeram a abordagem, identificação e busca pessoal, constatando que ele possuía contra si dois mandados de prisão em aberto, emitidos pela Justiça do estado da Paraíba.

O homem então foi preso e levado para 5ª Delegacia de Polícia (Asa Norte) onde ficou à disposição da Polícia Civil do DF. Os policiais que detiveram o suspeito realizavam a Operação Parousia.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE