SAÚDE

Vazamento de oxigênio no HRT mobiliza Corpo de Bombeiros do DF

Incidente ocorreu no 4º andar do Hospital Regional de Taguatinga (HRT), onde são realizados atendimentos ortopédicos. A ala na precisou ser desocupada

Carol Cintra
postado em 23/11/2021 16:24 / atualizado em 23/11/2021 16:28
 (crédito: CBMDF/Divulgação)
(crédito: CBMDF/Divulgação)

O vazamento de oxigênio no Hospital Regional de Taguatinga (HRT) deixou servidores da saúde e pacientes assustados na manhã desta terça-feira (23/11). Segundo o Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF), a tubulação do gás rompeu no quarto andar da unidade de saúde. Ninguém ficou ferido.

Os militares foram acionados por volta das 10h20 e, ao chegarem no local, o vazamento já havia sido controlado pela empresa que presta manutenção ao hospital. Não houve necessidade de evacuação da ala, que é de atendimento ortopédico.

De acordo com a Secretaria de Saúde do DF, o vazamento não provocou mudança no atendimento aos pacientes.

Confira abaixo um vídeo da ação dos bombeiros no HRT:

Outros casos

Em 11 de março, o Corpo de Bombeiros foi acionado para conter o vazamento de oxigênio na unidade de pronto atendimento (UPA) do Recanto das Emas. Ao chegarem ao local, os militares fizeram a contenção e apoiaram a equipe com cilindros transportáveis de oxigênio.

Para garantir a segurança dos pacientes, a UPA forneceu balas de oxigênio reserva para atender todos que necessitavam. Alguns foram transferidos para o Hospital Regional de Santa Maria (HRSM) e outras UPAs.

Em 13 de outubro, uma suspeita de vazamento de gás no Hospital de Base mobilizou o Corpo de Bombeiros. O incidente aconteceu no quinto andar, no sistema de refrigeração de água do prédio. A situação foi resolvida pelos próprios técnicos da unidade hospitalar.

Os militares informaram, ainda, que não houve vítimas e nem necessidade de remoção de pacientes, porque ocorreu apenas um vazamento de ar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE