Assalto

Preso do regime domiciliar se passa por policial e rouba cinco pessoas no DF

O primeiro roubo ocorreu em um prédio residencial, no Polo de Modas do Guará 2, em 21 de fevereiro. No dia 24 do mesmo mês, o assaltante rendeu uma mulher em um estabelecimento comercial da 308 Norte, onde câmeras registraram a ação

Darcianne Diogo
postado em 09/05/2022 19:05 / atualizado em 09/05/2022 19:13
Em uma das ocasiões, o criminoso rendeu uma vítima com uma pistola -  (crédito: PCDF/Divulgação)
Em uma das ocasiões, o criminoso rendeu uma vítima com uma pistola - (crédito: PCDF/Divulgação)

Um homem, de 36 anos, foi preso preventivamente pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), nesta segunda-feira (9/5), após se passar por policial civil para roubar. Com distintivo e arma de fogo, o criminoso cometeu dois assaltos em um intervalo de quatro dias. Câmeras de um prédio da Asa Norte registrou uma das ações (veja o vídeo abaixo).

O primeiro roubo ocorreu em um prédio residencial, no Polo de Modas do Guará 2, em 21 de fevereiro. No dia 24 do mesmo mês, o assaltante rendeu uma mulher em um estabelecimento comercial da 308 Norte. “O autor agiu da mesma forma. Ele simulava ser policial por meio da ostentação de distintivo e, mediante o emprego de arma de fogo, rendia as vítimas e subtraía os pertences”, detalhou o delegado-chefe da 2ª Delegacia de Polícia (Asa Norte), João Guilherme.

Após as investigações, os policiais conseguiram identificar o veículo utilizado nos crimes. Na delegacia, o homem confessou os assaltos e assumiu ter utilizado uma pistola calibre 380 no roubo da Asa Norte. No entanto, alegou que no assalto no Guará utilizou um simulacro de arma de fogo. De acordo com o delegado, as apurações seguem no sentido de identificar o segundo envolvido, que permaneceu no carro para garantir a fuga.

O assaltante acumula diversos indiciamentos e um mandado de prisão condenatória e, atualmente, cumpria pena no regime domiciliar. Caso seja condenado, pode pegar pena máxima de 16 anos de prisão.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE