Homicídio

Homem que matou colega em briga por causa de lotes é preso saindo de hotel

Walfredo Romano Alves Júnior efetuou um tiro de espingarda calibre 12 no peito de Hernando da Silva. A vítima havia sido convidada para a casa dele para uma confraternização

Acusado trabalhava na administração Regional do Riacho Fundo I  -  (crédito: Redes sociais)
Acusado trabalhava na administração Regional do Riacho Fundo I - (crédito: Redes sociais)
postado em 02/04/2024 20:46

Agentes da 11ª Delegacia de Polícia (Núcleo Bandeirante) prenderam, na tarde desta terça-feira (2/4), Walfredo Romano Alves Júnior, 52 anos, apontado como assassino de um homem em Planaltina. O homicídio ocorreu em 4 de fevereiro, após a vítima, identificada como Hernando da Silva, e o autor discutirem sobre a negociação de lotes.

Walfredo estava foragido desde a data do crime. Segundo o delegado-chefe da 11ª DP, Bruno Endo, os investigadores tomaram conhecimento que Walfredo estaria em um hotel, na Candangolândia. “Nos deslocamos para lá e vimos o carro dele estacionado. Fizemos campana e, no meio da tarde, ele desceu e conseguimos prendê-lo”, afirmou.

O crime

Hernando da Silva foi morto ao levar um tiro de espingarda calibre 12 no peito. A arma foi localizada dias depois pelos policiais da 31ª DP. De acordo com a apuração policial, a vítima foi com a namorada à chácara de Walfredo e lá se desentendeu com o anfitrião.

Durante o bate-boca, o autor entrou no imóvel, pegou a arma e, ao sair, atirou contra a vítima, que morreu no local. O acusado fugiu em um Kia branco, pela BR-020. 

No ano passado, Wlafredo foi nomeado para o cargo de assessor especial do gabinete da Administração Regional do Riacho Fundo I. Nas redes sociais, ele costumava postar fotos ao lado do distrital Hermeto (MDB) e chegou a trabalhar na campanha do deputado. Ao Correio, o parlamentar afirmou que entrou em contato com o administrador do Riacho Fundo 1, que confirmou o ato de exoneração do fugitivo.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação