Golpe

Boa noite, Cinderela: garotas de programa são presas em Luziânia

As acusadas doparam homem em um encontro em motel e deram prejuízo de quase R$ 40 mil no cartão da vítima

Imagem das duas mulheres presas por aplicar o golpe do
Imagem das duas mulheres presas por aplicar o golpe do "Boa noite, Cinderela" em Luziânia (GO) - (crédito: Divulgação/PCGO)

A Polícia Civil do Estado de Goiás (PCGO) deflagrou, na terça-feira (9/6), operação para prender duas garotas de programa apontadas como autoras do golpe “Boa noite, Cinderela” contra um homem em Luziânia, no Entorno do Distrito Federal. 

A vítima relata que, em 3 de junho, decidiu ir a um encontro em um motel com uma garota de programa pela qual havia se interessado por meio de um site especializado. No entanto, o homem teria ficado desapontado com a mulher ao vê-la pessoalmente, devido ao fato de não parecer a que ele viu na internet. 

Diante da insatisfação do cliente, a garota falou que tinha uma amiga para substituí-la e ele aceitou que ela viesse ao seu encontro. Após a chegada da segunda mulher, o homem percebeu que algo havia sido adicionado no energético que bebeu naquele momento. Foi quando as duas garotas de programa, juntamente a uma terceira mulher, saíram do motel e fizeram compras de elevado valor em drogarias e distribuidoras de bebidas. 

Com a senha do cartão, o trio fez inúmeras transações em maquininhas próprias que somaram quase R$ 40 mil de prejuízo, conforme relato da vítima.

A operação foi deflagrada por meio do Grupo de Repressão a Crimes Patrimoniais (Gepatri) de Luziânia e teve apoio da Polícia Militar. A investigação apontou que contra as envolvidas há outros registros de ocorrência em apuração pela Polícia Civil de Goiás. 

A prisão temporária tem prazo de 30 dias e as investigadas responderão por roubo com restrição da liberdade da vítima (crime hediondo). Também foram cumpridos mandados de buscas e apreensões em Luziânia e Novo Gama. 

 

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

postado em 10/07/2024 14:16
Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação