Prisão

Belo se pronuncia após prisão: ''vamos superar esse momento ruim''

No momento em que foi preso, o cantor gravava com o apresentador Rodrigo Faro, em Angra dos Reis

Victória Olímpio
postado em 19/02/2021 09:59
 (crédito: Reprodução/Instagram)
(crédito: Reprodução/Instagram)

O cantor Belo se pronunciou nas redes sociais após ser preso nesta quarta-feira (17/2) por realizar show no Complexo da Maré, Zona Norte do Rio de Janeiro, causando aglomerações mesmo após restrições devido à pandemia da covid-19. 

"A responsabilidade sobre os protocolos sanitários de eventos em que eu me apresento, assim como todos os artistas, é exclusiva dos contratantes. É o mesmo caso da escolha do local em que as apresentações ocorrem. Garanto a segurança do meu staff e me preocupo com a proteção do público, mas quem responde por ela, nesse caso, era da produtora que me chamou para cantar", escreveu o cantor.

Belo afirmou ainda que pode provar que tudo estava dentro da lei para realização do evento: "Esse convite foi oficializado contratualmente, comprovado por notas fiscais, com tudo feito dentro da lei. Isso ficará comprovado na Justiça".

No momento em que foi preso, ele gravava com o apresentador Rodrigo Faro, a quem se desculpou pela situação, juntamente com a apresentadora Vera Viel: "Também gostaria de pedir desculpas ao meu irmão Rodrigo Faro e a Vera Viel e família, com quem eu gravava em Angra dos Reis antes da operação. Sinto muito que ele e a família tenham estado presentes nesse momento".

"No mais, continuo à disposição da Justiça, agora em liberdade, e tenho fé que vamos superar juntos esse momento ruim. Em breve, estaremos todos de volta ao trabalho e vamos nos encontrar novamente nos palcos", comentou ainda o cantor, que teve o pedido de habeas corpus aceito pelo desembargador Milton Fernandes de Souza, que mandou soltá-lo no início da madrugada desta quinta-feira (18/2).

Por fim, Belo agradeceu pelo apoio que recebeu dos fãs e familiares: "Essa mensagem é um agradecimento não só pelas inúmeras mensagens de apoio no dia de ontem, mas pelo voto de confiança que recebi de milhões de brasileiros que conhecem e confiam no meu trabalho e na minha verdade há quase trinta anos. E uma trajetória que, apesar dos pesares, me permite assumir erros quando necessário e me defender quando me culpam por erros que não cometi".

Nos stories do Instagram, ele compartilhou uma série de vídeos em que aparece chorando, mas sem dizer nada. Na legenda, o cantor escreveu: "Grito em silêncio!! Gratidão a todos!! Deus é maior!! Justiça".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE