Premiação

Anthony Hopkins posta vídeo agradecendo o Oscar de melhor ator

"Eu não imaginava que ganharia essa prêmio", afirma Hopkins, que estava dormindo quando a vitória foi anunciada no Oscar

Correio Braziliense
postado em 26/04/2021 12:57
 (crédito: Valerie Macon/AFP)
(crédito: Valerie Macon/AFP)

O ator Anthony Hopkins postou, na manhã desta segunda-feira (26/4), o vídeo de agradecimento pelo Oscar de Melhor ator recebido na 93ª edição dos prêmios da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas. No discurso, ele afirmou que não esperava vencer a estatueta e prestou homenagem a Chadwick Boseman, que era considerado o favorito da categoria.

“Aos 83 anos de idade, eu não imaginava que ganharia este prêmio, eu realmente não esperava”, afirmou o ator, que venceu pela interpretação do personagem Anthony, um idoso que sofre com problemas de memória e confusão mental no longa Meu pai, de Florian Zeller. Hopkins agradeceu à Academia. “Gostaria também de fazer um tributo a Chadwick Boseman, que foi tirado de nós cedo demais”, continuou o artista em homenagem ao concorrente de categoria que poderia levar o Oscar póstumo por A voz suprema do blues.

Este é o segundo Oscar de Anthony Hopkins, que levou também Melhor ator em 1992 pelo papel de Dr. Hannibal Lecter em Silêncio dos inocentes. Desta vez, contudo, o ator não compareceu para receber a premiação: ele estava em casa em sua terra natal, País de Gales.

Mesmo totalmente imunizado após as duas doses da vacina contra a covid-19, ele preferiu não viajar nem para Londres, onde havia uma sede para indicados e convidados do Oscar de 2021. Ele estava dormindo no momento em que foi revelado como vencedor e foi acordado às 4h do horário local para ser informado que ganhou. Segundo o agente do ator, Jeremy Barber, ele ficou “muito feliz e agradecido”.

O 93º Oscar se deu neste domingo (25/4), com indicados e convidados em três locais distintos, parte em Los Angeles, nos Estados Unidos, parte em Londres, no Reino Unido, e parte em Paris, na França. O grande vencedor da noite foi Nomadland, que saiu com Melhor filme, Melhor direção, com Chloe Zhao e Melhor atriz, com Frances McDormand. O longa de Hopkins, Meu pai, ainda venceu Melhor roteiro adaptado, além de Melhor ator.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE