Televisão

Britto Jr sugere que demissão de Marcos Mion da Record tenha sido forjada

Nas redes sociais, Britto Jr, que está fora da Record desde 2016, acusou ainda o diretor Rodrigo Carelli de ser assediador

Victória Olímpio
postado em 16/08/2021 12:11
 (crédito: Instagram/Reprodução  )
(crédito: Instagram/Reprodução )

O jornalista Britto Jr causou polêmicas nas redes sociais após opinar sobre a saída de Marcos Mion da Record TV. Neste domingo (15/8), o jornalista sugeriu que a saída do apresentador da emissora teria sido forçada. Ao responder a um seguidor que o elogiava pela maneira como apresentou o reality show A fazenda, Britto falou sobre a ida de Mion para a Rede Globo.

"Grato! Parabenizo os diretores da Record por terem forjado, ops, demitido Mion. Não fosse isso, ele estaria lá e não teria ido para a Globo", afirmou. Outro seguidor questionou se a Record teria tido que escolher entre Mion e Rodrigo Carelli, diretor de realities, para demitir.

"Não. A Record tem pastores artísticos. E eles não mexem com isso. Deixam tudo na mão do Carelli, que, todos sabem, é um m...", continuou. "Então, o Carelli bota e tira quem ele quer", continuou o internauta.

Em resposta, Britto acusou o diretor de ser assediador: "Não. Ele põe os amigos dos pastores e, se sobrar vaga, põe os amigos íntimos, que ele quer assediar", finalizou. O jornalista apresentou as primeiras sete edições de A fazenda, mas está fora da emissora desde 2016.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE