Música

Manu Gavassi lança novo álbum: "Gracinha é a minha libertação"

No próximo dia 26 a cantora estreia a versão visual do disco, com exclusividade pela Disney+

Pedro Grigori
postado em 12/11/2021 00:29
 (crédito: Reprodução/Instagram)
(crédito: Reprodução/Instagram)

“É o início de uma mudança profunda na minha vida e tenho a leve impressão de que é a minha cura”, escreve Manu Gavassi. A frase faz parte de uma carta de introdução para Gracinha, o aguardado quarto álbum de estúdio da cantora — e o primeiro após a enorme exposição de Manu nas telas do Big Brother Brasil de 2020.

O disco de nove faixas chegou nesta segunda-feira (12/11) às plataformas de streaming. Foi um trabalho de quase um ano, que só estará totalmente completo no dia 26 de novembro, quando a versão visual do disco chega ao Disney+.

O disco abre com a frase “Cansei de fazer gracinha”. Manu diz que essa foi uma frase que disse ao empresário em 2020. “Entendi que fazer piada com tudo, inclusive com a minha carreira musical, era uma maneira de me expor só até onde eu não poderia me machucar. E daí eu cansei”, explica Manu na storyline da faixa.

Manu Gavassi lança o disco Gracinha
Manu Gavassi lança o disco Gracinha (foto: Divulgação/Manu Gavassi)

“Resolvi tirar essa máscara de proteção do humor pra variar”, conta. A faixa título, que abre o álbum, conta com participação de Tim Bernardes e Amaro Freitas. “Convidei músicos que admiro pra fazer esse lamento não ser só meu, mas de todos que trabalham com arte e se sentem, em algum momento, marionetes do entretenimento. A suspirada no final é porque chorei muito quando terminei de cantar. Fazia anos que não soltava minha voz”, diz Manu.

O disco ainda conta com participações do colombiano Vic Mirallas em Reggaeton Triste, da francesa Alice et Moi em Tédio e do francês Voyou em Eu nunca fui tão sozinha assim.

Um dos destaques do álbum fica com a faixa Bossa Nova, em que Manu diz ser "dedicada a todos que já reviraram os olhos pra mim". A faixa fala sobre o sucesso no BBB, e canta "gritaram meu nome, não era eu, era a ideia". Durante o refrão, no fundo da música é possível ouvir a voz do apresentar Tiago Leifert dizendo o número 1.532.944.337 — a quantidade de votos no paredão recordista em que Manu eliminou Felipe Prior. 

Prêmio na MTV da Europa

Na última quinta-feira (11/11), a MTV anunciou que Manu Gavassi apresentará uma das categorias do Europe Music Awards de 2021 (EMA). A cerimônia, comandada pela rapper Saweetie, acontece no dia 14 de novembro, com transmissão ao vivo a partir das 17h, na MTV.  Além de Manu, outros artistas e personalidades internacionais vão apresentar os vencedores das categorias como: Rita Ora, Winnie Harlow, Ryan Tedder, Drew McIntyre, Olly Alexander e Joel Corry.

Manu ainda disputa a categoria Melhor Artista Brasileira com Anitta, Luísa Sonza, Ludmilla e Pabllo Vittar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE