TV

No Encontro, Ludmilla desabafa sobre medo de ser arrancada do armário

A cantora disse que era 'horrível' guardar segredo

Douglas Lima - Especial para o Uai
postado em 15/06/2022 19:26
 (crédito: Reprodução/TV Globo)
(crédito: Reprodução/TV Globo)

Ludmilla abriu o coração sobre a tensão que foi viver "no armário" no início da carreira no Encontro, da Tv Globo, desta quarta-feira (15/06).

A cantora, que atualmente é casada com Brunna Gonçalves, confessou que passar muito tempo escondendo a própria sexualidade "foi horrível" e disse que compartilhar sua bissexualidade foi "uma libertação".

Fátima Bernardes comentava sobre a revelação que Tadeu (José Loreto) não é filho de José Leôncio (Marcos Palmeiras) em Pantanal (2022). E Ludmilla se identificou com a personagem Filó (Dira Paes) por ter guardado esse segredo a vida toda.

"Deve ser muito difícil conviver com um segredo pela vida toda. Manter algo escondido", disse a apresentadora.

"Eu tinha um segredo que eu deixava guardado assim [só pra mim]. Antes de me assumir era um segredo, né? E gente, era horrível, quando eu acordava todo dia, minha mãe vinha: 'filha', e eu [assustava]", relatou a funkeira.

Na sequência, ela explicou que vivia em estado constante de alerta com medo de ser exposta contra a vontade: "Eu achava que alguém já tava sabendo e aí todo telefonema, mensagem, de gente que trabalha comigo era sempre uma apreensão, horrível".

A comunicadora perguntou se revelar a orientação sexual e o relacionamento a tiraram do clima tenso e ela concordou: "Foi uma libertação. Você não tem noção".

Confira, abaixo, o vídeo:

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE