Famosos

Sertanejo tem alta de hospital após acidente que matou a dupla dele

Conrado ficou 46 dias hospitalizado. Acidente de ônibus matou o parceiro de palco, Aleksandro, e outras 5 pessoas da equipe

Correio Braziliense
postado em 23/06/2022 11:25
 (crédito: Reprodução/Instagram)
(crédito: Reprodução/Instagram)

O cantor sertanejo João Vitor Moreira Soares, conhecido como Conrado, da dupla com Aleksandro, recebeu alta do Hospital Regional de Registro, em São Paulo, na tarde desta quarta-feira (22/6), após ficar internado por 46 dias. Ele foi vítima de um grave acidente de ônibus que matou Aleksandrto e outras 5 pessoas da equipe.

O acidente ocorreu no último dia 7 de maio e foi provocado pelo estouro do pneu esquerdo dianteiro do ônibus em que a banda estava. Seis pessoas morreram, entre elas o cantor Aleksandro e o guitarrista Wisley Novaes. Conrado ficou gravemente ferido e precisou ficar hospitalizado.

A assessoria de imprensa da dupla confirmou a informação à revista Quem. Além do cantor, o músico Júlio Cesar Bigoli também teve alta do hospital.

"Após 46 dias do acidente com o ônibus da dupla Conrado e Aleksandro, em 7 de maio, o cantor João Vitor (Conrado) e o músico Júlio Cesar deixaram o Hospital Regional de Registro nesta tarde de quarta-feira (22/6)", iniciou o comunicado.

"Foi um mês e meio de muito cuidado, procedimentos delicados, paciência e orações. Gostaríamos de agradecer todo o respeito e sensibilidade com que os amigos da imprensa trataram esse momento tão delicado. Perdemos seis amigos de equipe, dois ainda estavam se recuperando de quadros considerados graves e tratados pela própria equipe médica como milagre", informou.

A nota afirma, ainda, que ambos seguirão com a recuperação em casa. "Foram dias difíceis e ainda precisamos prezar pela saúde e privacidade dos dois, contando com a compreensão e respeito de todos nesse período. Assim que eles se sentirem confortáveis, vão se pronunciar publicamente", finalizou.

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE