SUBCELEBRIDADES

Modelo da Playboy pede desculpas na web após fazer topless em vulcão

Ela afirmou que adora ficar nua e decidiu fazer a foto para marcar sua passagem pelo local


Cris Galera -  (crédito: Divulgação / Mirapress)
Cris Galera - (crédito: Divulgação / Mirapress)
postado em 09/02/2024 14:27

A modelo Cris Galera causou controvérsia ao posar topless em frente à placa de Grindavík, na Islândia, gerando reações tanto dos moradores locais quanto dos brasileiros que residem na região. Em uma entrevista ao The Sun US, Cris explicou que a ideia surgiu após visitar Grindavík e desejar tornar sua viagem memorável. Ela afirmou que adora ficar nua e decidiu fazer a foto para marcar sua passagem pelo local.

Entretanto, a repercussão da imagem despertou críticas, especialmente entre os brasileiros na Islândia, que expressaram constrangimento e repúdio pela atitude de Cris. Algumas mensagens enviadas a ela destacavam o desrespeito da ação diante da gravidade da situação na região. Houve quem comparasse a foto a uma situação hipotética de tirar uma foto nua em Brumadinho, ressaltando a insensibilidade do gesto.

Diante da repercussão negativa, Cris utilizou seus Stories no Instagram para se pronunciar e se desculpar pelo ocorrido. Ela explicou que a foto foi tirada antes de uma erupção vulcânica e pediu compreensão aos que se sentiram ofendidos. Porém, a controvérsia não se limitou apenas à foto em Grindavík; Cris também enfrentou críticas por suas outras fotos seminuas na Islândia, onde buscava entrar para o Guinness Book com registros feitos em condições de baixíssimas temperaturas.

Apesar dos desafios enfrentados, incluindo o risco à sua saúde que resultou em hospitalização devido à hipotermia, Cris Galera defendeu suas fotos como uma expressão artística e uma tentativa de marcar sua passagem pelo local de maneira inusitada. A situação evidenciou a complexidade das interações entre turistas e moradores locais, ressaltando a importância do respeito às culturas e sensibilidades das comunidades visitadas.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br