CORRIDA KIDS

Influência do pai empolga participante a correr

Com as mil vagas estabelecidas preenchidas pelos atletinhas, muitos participantes aguardam ansiosamente pelo dia em que poderão calçar os tênis mais uma vez

Júlia se diverte nas provas e terá mais uma oportunidade em fevereiro -  (crédito: Arquivo pessoal)
Júlia se diverte nas provas e terá mais uma oportunidade em fevereiro - (crédito: Arquivo pessoal)
postado em 27/01/2024 03:55

A largada da Corrida Kids, em 3 de fevereiro, no Centro Integrado de Educação Física (CIEF), será um dia aguardado por muitas crianças. Com as mil vagas estabelecidas preenchidas pelos atletinhas, muitos participantes aguardam ansiosamente pelo dia em que poderão calçar os tênis mais uma vez. É justamente esse o caso da filha do cabeleireiro Émmerson Ribeiro, a Júlia, de sete anos.

Profissional dos cabelos desde o ano 2000, Émmerson explica que se envolveu com a corrida em decorrência de uma forte queda na BR-060. Originalmente, é adepto do ciclismo. Pedala desde 2022. Porém, enxergou alta periculosidade na bicicleta e optou por começar a correr. Ele também foi influenciado pelo pai. O genitor, em decorrência de um problema de saúde, tornou-se atleta, há sete anos. O que seria um preparo para voltar aos pedais, no entanto, logo se tornou na primeira escolha esportiva.

"Não larguei a bicicleta, mas a corrida, hoje, é uma coisa que gosto mais. Além de ser menos perigoso, tem sido algo gostoso de fazer. Já corri meias-maratonas, e pretendo subir de nível. Meu objetivo, agora, é correr uma maratona por completo", contou.

Com o gosto crescente, o cabeleireiro, com o pai, relata ter influenciado a filha a entrar no mundo das corridas e do esporte em geral. Apesar da pouca idade, Júlia é adepta de diferentes modalidades. A natação, a ginástica e o karatê são exemplos. Apesar de não levar a atividade em questão como algo relativo a um sonho, comporta-se com seriedade e demonstra vontade de competir.

"Ela adora. É nova, mas não perde uma corrida. Já é uma atleta. Ela vê eu, meu pai e minha mulher correndo e quer participar. Demonstra sempre muita animação, euforia. Fica nervosa antes das provas. Está muito animada, pois sabe que não foi fácil conseguir a vaga", relatou o cabeleireiro.

A organização dividiu as diversas faixas etárias em categorias. Os meninos e as meninas de até 4 anos vão correr 50m. Para os participantes de 5 a 6 anos, o circuito será de 100m. A distância sobe para 200m quando os pequenos entre 7 e 8 anos estiverem na pista. De 9 a 10 anos, o desafio será de 300m.

A garotada entre 11 e 13 anos vai percorrer 400m. Todas as crianças que completarem o percurso receberão medalha e lanche. Os pódios das 40 baterias programadas em todas as faixas etárias participantes vão ganhar lembranças especiais: os três primeiros colocados levarão para casa troféus, além de um chaveiro com um bichinho de pelúcia oferecido pela Ciatoy, uma das apoiadoras da Corrida Kids, ao lado do Hospital Dia e da Sportcicle.

*Estagiário sob a supervisão de Danilo Queiroz

 


Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
-->