Expansão comercial

Bolsonaro conversa sobre expansão de negócios com presidente do Paraguai

Presidentes alinhados à direita, ambos nutrem admiração mútua; é a terceira vez que Bolsonaro e Abdo Benítez se encontram

Cristiane Noberto
postado em 24/11/2021 17:44
 (crédito:  Wilson Dias/Agência Brasil)
(crédito: Wilson Dias/Agência Brasil)

O presidente Jair Bolsonaro recebeu o presidente do Paraguai, Mario Abdo Benítez, nesta quarta-feira (24/11), no Palácio do Planalto. Na pauta, debates sobre a expansão da pesca e construção de pontes, bem como a luta contra o crime organizado. Os ministros Carlos França (Relações Exteriores) e Bento Albuquerque (Minas e Energia) também estiveram presentes.

Após encontro, Bolsonaro contou à imprensa alguns dos temas conversados. “Em breve, estaremos concluindo a ponte com o Paraguai. Nos próximos dias, estaremos na fronteira assinando a ordem de serviço para a terceira ponte com o Paraguai. Falamos sobre a criação de tilápia de Itaipu. Caso se concretize, o Brasil crescerá 40% em sua produção pesqueira de tilápias. Ao Paraguai, um país pequeno, será multiplicado dezenas de vezes a produção de tilápia naquele país, tratamos também sobre a questão do crime organizado”, disse.

O chefe do Executivo não deixou de fora o apreço por Marito, como o chama carinhosamente. “Nosso relacionamento não é apenas comercial, mas afetivo”, afirmou.

O presidente paraguaio também afagou Bolsonaro e disse que o chefe o brasileiro é um “presidente que estima e respeita”. Ele ainda o convidou para uma visita oficial. “Temos a mesma visão, mesmo princípios, valores democráticos e libertários, e vamos poder marcar uma etapa e uma liderança positiva na região. Hoje foi uma reunião de trabalho com avanços significativos nas relações históricas bilaterais que têm entre o Paraguai e Brasil”, frisou.

Este foi o terceiro encontro entre os dois chefes do Executivo. O primeiro aconteceu em 2019, e o segundo, no final de 2020. Marito tem a mesma linha ideológica de Bolsonaro e, por isso, as relações entre os dois é a mais amigável possível.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE