Publicidade

Correio Braziliense

Resumo do dia: veja as notícias sobre a pandemia no DF

Justiça quer saber a realidade dos leitos de UTI no DF, entorno adota lockdown e vacina será testada no DF


postado em 01/07/2020 21:30 / atualizado em 01/07/2020 21:41

A vacina produzida pela companhia chinesa Sinovac será testada em Brasília(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
A vacina produzida pela companhia chinesa Sinovac será testada em Brasília (foto: Ed Alves/CB/D.A Press)

Casos - O número de mortes provocadas pela covid-19 no Distrito Federal subiu para 567 nesta quarta-feira (1º/7). O total de casos confirmados de contaminação pelo novo coronavírus chegou a 50.676 (1.458 a mais que no dia anterior). Os dados fazem parte do boletim divulgado pela Secretaria de Saúde (SES-DF) diariamente, com os registros computados até as 18h.
 
Presídios - Uma comitiva liderada pela Comissão de Direitos Humanos da CLDF visitou a Papuda após m receber mais de 300 denúncias sobre o estado de calamidade no local. A comitiva constatou que os presos vivem em áreas sujas e com falta de produtos de higiene, em situação muito precária. 

Reabertura - O GDF prepara um cronograma de reabertura dos segmentos que ainda estão fechados e a previsão é que academias e salões reabram até 8 de julho. 

Casos - Lideranças do PSol reforçaram um pedido de indenizaçãoàs famílias de vítimas da covid-19: o documento foi protocolado na Defensoria Pública-Geral do DF e questiona a flexibilização do isolamento social. A avó da primeira-dama MichelleBolsonaro foi internada em Ceilândia com falta de ar e, à tarde, precisou ser intubada. Até o meio dia, o DF contabilizava mais 14 mortes e mais de 49 mil pessoas infectadas pelo coronavírus.

Lockdown - Os municípios de Águas Lindas de Goiás, Abadiânia, Alexânia, Padre Bernardo, Valparaíso, Luziânia, Ocidental, Santo Antônio do Descoberto e Planaltina de Goiás, no entorno do DF, terão lockdown e alteração dos serviços não essenciais. Caldas Novas, no entanto, não aderiu e flexibiliza isolamento social. Gutemberg Fialho, presidente do Sindmédico, defende o lockdown e avisa que não tem leito de UTi sobrando e que muitos vão morrer sem assistência. 

Hospitais - A Justiça deu 72 horas para o GDF informar a real lotação de leitos em UTIs da rede pública. Se você está com suspeita de covid-19, o que deve fazer: procurar o pronto-socorro ou a UBS?

Pesquisa -  A vacina contra covid-19 produzida pela Sinovac será testada no DF, pela Universidade de Brasília: no total, serão 12 centros de pesquisa no país



Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade