Solidariedade

Família faz campanha por doação de sangue ao filho do indigenista Bruno Pereira

Pedro, 5 anos, enfrenta câncer que atinge parte do sistema nervoso e luta para que o tumor não se espalhe por outras partes do corpo

Bruno Pereira e o filho, Pedro -  (crédito: Divulgação/Beto Marubo/vakinha.com.br)
Bruno Pereira e o filho, Pedro - (crédito: Divulgação/Beto Marubo/vakinha.com.br)
postado em 12/03/2024 21:51 / atualizado em 13/03/2024 00:10

A família do indigenista Bruno Pereira, assassinado em 5 de junho de 2022 por criminosos envolvidos em esquemas de pesca ilegal e contrabando na Amazonia, faz campanha de doação de sangue para ajudar no tratamento de câncer do filho do ativista. Pedro, 5 anos, foi diagnosticado com um neuroblastoma estágio 4, que atinge parte do sistema nervoso. 

A família já havia feito em janeiro de 2024 uma vaquinha on-line para ajudar com os custos de medicamentos. Na ocasião, foi arrecadado mais de R$ 2 milhões. 

Agora a família pede ajuda com doações de sangue ao menino. Os agendamentos para a doação podem ser feitos pelos telefones: (61) 3773-622 ou (61) 98199-6716.

Onde doar em Brasília:

SHIS QI 15 - Bloco O Torre I Térreo - Lago Sul
Sala T 08 A - Brasília - DF (Ao lado do hospital Brasília - Prédio Centro Médico Brasília).

Horário de funcionamento:

Segunda a sexta-feira: 08h às 16:30
Por agendamento ou comparecimento direto ao local.

Sábado: 08h às 12h

Família faz campanha por doação de sangue ao filho do indigenista Bruno Pereira
Família faz campanha por doação de sangue ao filho do indigenista Bruno Pereira (foto: Reprodução/Instagram)

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação