CRIME

Polícia prende suspeito de esfaquear cinegrafista após assalto em Ceilândia

Suspeito foi levado para a 23ª Delegacia de Polícia (P Sul), na noite desta terça-feira (5/10). A vítima, o cinegrafista Magno Lúcio, segue hospitalizada

Cibele Moreira
Pedro Marra
postado em 05/10/2021 21:56 / atualizado em 05/10/2021 23:48
Magno Lúcio foi transferido para um hospital particular de Taguatinga após cirurgia no intestino -  (crédito: Reprodução/Facebook)
Magno Lúcio foi transferido para um hospital particular de Taguatinga após cirurgia no intestino - (crédito: Reprodução/Facebook)

Policiais militares prenderam, na noite desta terça-feira (5/10), um suspeito de esfaquear o cinegrafista Magno Lúcio, 52 anos. O funcionário do canal SBT aguardava pelo ônibus em uma parada de Ceilândia Sul quando foi assaltado e ferido a faca. A vítima segue hospitalizada desde segunda-feira (4/10), data do ocorrido. O homem detido tem 18 anos e foi levado à 23ª Delegacia de Polícia (P Sul), onde o caso é investigado.

À tarde, uma equipe da Polícia Civil prendeu três homens que teriam ligação com a tentativa de latrocínio. Com 20 militares nas buscas, o Grupo Tático Operacional do 10º Batalhão de Polícia (Gtop 30) recebeu informações de que um suspeito de cometer o crime estava no Condomínio Pinheiro, no Sol Nascente.

A polícia montou um cerco na região e, por volta das 20h50, conseguiu prender o jovem de 18 anos, apontado por testemunhas como autor da facada. Durante a abordagem, o suspeito confessou a participação no crime, mas negou ter ferido o cinegrafista, segundo o sargento Paulo Neves, do Gtop 30. Com o acusado, os PMs encontraram a mochila e os pertences da vítima. 

  • Policiais encontraram mochila de Magno Lúcio com homem preso por suspeita de tentativa de latrocínio contra cinegrafista do SBT
    Com o suspeito, policiais encontraram a mochila usada por Magno Lúcio PMDF/Divulgação

Cirurgia

Pela manhã, Magno Lúcio passou por cirurgia no intestino, no Hospital Regional de Ceilândia (HRC). Depois do procedimento, que durou cerca de cinco horas, o paciente acordou, mas falava com dificuldade. À tarde, a vítima foi transferida para uma unidade de saúde particular de Taguatinga. "O corte (da facada) foi no baço, no fígado e no duodeno, onde é difícil a cicatrização, porque passa muito líquido", afirmou Ivanete Rabelo, 44, esposa do cinegrafista.

  • Cinegrafista Magno Lúcio com a esposa Ivanete Rabelo
    Cinegrafista Magno Lúcio com a esposa Ivanete Rabelo Arquivo pessoal

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE