CRIME

Professor aposentado é preso por estupro de vulnerável no Paranoá

Homem de 70 anos foi preso em flagrante por policiais da 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá). Ele abusava sexualmente de um adolescente de 13 anos dentro de um carro

Cibele Moreira
postado em 06/11/2021 00:20 / atualizado em 06/11/2021 01:09
 (crédito: Adauto Cruz/CB)
(crédito: Adauto Cruz/CB)

Um professor aposentado de 70 anos foi preso em flagrante nesta sexta-feira (5/11), acusado de abusar sexualmente de um adolescente de 13 anos, no Paranoá. O suspeito estava dentro de um Celta vermelho com o garoto, quando foi abordado por policias da 6ª Delegacia de Polícia, na mesma região administrativa. Denunciantes anônimos informaram que o idoso cometia o crime regularmente na região. 

De acordo com o delegado-chefe que investiga o caso, Ricardo Viana, ainda não há um quantitativo de vítimas do acusado. Porém, as investigações continuam, para identificação de outros possíveis casos. "Desde segunda-feira (1/11), estamos recendo denúncias. Uma equipe começou a fazer monitoramento na região e, hoje (sexta-feira), vimos o momento em que ele aborda o adolescente, chama-o para entrar no carro e inicia os atos libidinosos", afirma. 

O delegado acrescentou que o idoso havia convencido o garoto — que vendia balinhas em frente a uma padaria — dizendo que compraria todos os doces se a vítima entrasse no carro. O acusado, se condenado, pode pegar de 8 a 15 anos de prisão pelo crime de estupro de vulnerável. A pena pode aumentar caso haja outras vítimas. 

O professor aposentado que cometeu o crime é morador da região administrativa e, segundo a polícia, estava aposentado havia algum tempo. Ele chegou a dar aulas em escolas das redes pública e particular de ensino da capital federal, mas a polícia ainda não sabe informar se ele teria cometido o crime nos colégios.

 

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE