Briga

Homem é preso por ameaçar motorista com arma de brinquedo em Taguatinga

Homem foi preso após ameaçar outro motorista com uma arma de brinquedo, em Taguatinga. Policiais militares prenderam o suspeito na 216 Norte, às 23h30 de domingo (16/1)

Correio Braziliense
postado em 17/01/2022 13:07
 (crédito: PMDF/Divulgação)
(crédito: PMDF/Divulgação)

Após ameaçar um motorista com uma pistola de brinquedo durante uma briga de trânsito, em Taguatinga, um homem foi preso, às 23h30 de domingo (16/1), na 216 Norte. Na discussão, o dono de um Astra apontou uma pistola para outro condutor.

Policiais militares do 3º Batalhão, da Asa Norte, receberam a informação de que o homem armado teria seguido para Brasília sentido Parque Nacional de Brasília, conhecido como Água Mineral.

A abordagem aconteceu na 216 Norte e, dentro do carro, os policiais encontraram um simulacro de pistola. O abordado foi apresentado na 5ª Delegacia de Polícia (Área Central), onde foi apreendido o simulacro e registrada a ameaça.

Falso policial

Em 25 de novembro de 2020, policiais militares prenderam um homem na entrequadra da 404/405 Sul que se passou por policial civil. Ele portava uma arma de brinquedo e distintivo falso da corporação

Ao abordarem o condutor para que ele saísse do veículo, os militares encontraram mais do que esperavam na revista: dentro do carro, havia vários objetos com referência à Polícia Civil. Entre os objetos, além do distintivo, havia camisa com emblema, algemas e coldre.

Segundo o boletim de ocorrência registrado na 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul), o homem, 39 anos, resistiu à abordagem e não queria sair do automóvel. Ele ainda fez um gesto como se fosse retirar algo da cintura. Ali, os policiais militares identificaram que ele portava uma arma falsa. O homem foi imobilizado e encaminhado para a delegacia, onde o caso foi registrado como uso ilegítimo de uniforme e distintivo.

 

 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE