celebridades

Em desabafo na internet, Andresa Urach culpa Igreja Universal por doença

"Não é uma fé inteligente colocar a saúde em risco", disse a modelo em live realizada em seu canal do Youtube

Cecília Sóter
postado em 13/01/2022 13:19
 (crédito: Reprodução)
(crédito: Reprodução)

Andressa Urach usou seu canal do Youtube para fazer um desabafo a respeito das crises do transtorno de Bordeline que vem enfrentando.

Na rede social, a modelo culpou a Igreja Universal pela piora dos sintomas. “Tinha uma fé burra, achava que poderia ser demônio”, declarou.

“Durante muitos anos eu resisti ao tratamento médico, minha mãe e meu marido não aceitavam a minha doença. Eu passei seis anos na igreja e passei por uma decepção muito grande com eles”, disse ela durante a live.

“Sabe quando algo é sua razão de viver? Essa ruptura, esse mal que aconteceu, quase me levou à loucura”, desabafou. “Eu me entreguei demais, e tudo que é demais é ruim na nossa vida. Precisa ter equilíbrio. Eu mergulhei no fanatismo da religião e me excluí do mundo”, revelou ela.

Ela contou, ainda, que tinha medo de procurar ajuda médica por acreditar que alguns problemas e doenças seriam demoníacos. “Eu sei que existe o mundo espiritual, acredito nisso, mas nem tudo são espíritos. Tem coisa que realmente é o nosso corpo, nosso organismo e nossas células”, afirmou.

Andressa revelou que nunca se medicou. “Eu continuo amando Jesus e acredito em milagres, mas nem sempre eles acontecem. Então, não é adequado não tomar medicação, não é uma fé inteligente colocar a saúde em risco”, avaliou ela.

“Tudo isso, quando a pessoa está na igreja, pensam que é demônio. Deixa a pessoa pior ainda, como se você nunca fosse bom o suficiente para alcançar Deus. A gente é tachado como endemoniado e louco. Fiquei por muito tempo com medo de Deus me castigar por ser assim, ter um turbilhão de emoções. Nem Jesus coloca esse fardo sobre e gente”, concluiu ela.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE