REDES SOCIAIS

Rodrigo Góes faz publicação e web desconfia de indireta para fisiculturista

O nutricionista criticou o bordão "bandido bom é bandido morto", e internautas apontam alfinetada em fisiculturista investigado pela PF

Por meio da assessoria de imprensa, Góes negou que a postagem foi uma indireta. -  (crédito: Reprodução/ Instagram/ rodrigoamgoes)
Por meio da assessoria de imprensa, Góes negou que a postagem foi uma indireta. - (crédito: Reprodução/ Instagram/ rodrigoamgoes)
postado em 31/01/2024 17:46 / atualizado em 31/01/2024 17:48

O nutricionista e influenciador Rodrigo Góes, conhecido pelo bordão "Fake Natty", dividiu opinião dos internautas após uma publicação no X (antigo twitter), na terça-feira (30/1). De acordo com os comentários, Góes estaria alfinetando o fisiculturista Renato Cariani, investigado por tráfico de drogas e lavagem de dinheiro.

“Hmmmm a galera do “bandido bom é bandido morto” mudou o discurso”, publicou Rodrigo.

Usuários da rede social comentaram sobre a frase. “É indireta pro Cariani?”, escreveu uma pessoa. “Achei que só mulher ficasse de indiretinha em rede social”, escreveu um internauta”. “Escolhi amar o influencer certo!”, escreveu outro. “Cara, você mandou indireta para quem? Cariani?”, escreveu mais um.

Após repercussão do Twitter, Góes fez outra publicação nesta quarta-feira (31/1), afirmando que o post foi direcionado a um discurso e não para um indivíduo.

“Chocado! Bem que vocês me avisaram que o Twitter A.K.A - X é um campo de batalha. Meu post foi direcionado a um discurso e não a um indivíduo! Cada um - Cada um!”, escreveu.

O Correio procurou a assessoria de Rodrigo Góes, que afirmou que o influenciador não publicou para um indivíduo e sim por causa de um discurso. "Fiquei chocado, pois criei o Twitter há pouco tempo, não sabia que teria essa repercussão. Minha fala não foi direcionada a um indivíduo, mas sim a um discurso, já que tem muitos escândalos ocorrendo em nosso país", disse. 

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
-->