ESTRELA

Messi faz estádio do Inter Miami entrar na rota do turismo

Efeito Messi melhora até o nível da MLS, segundo treinador de equipe adversária

Efeito Messi melhora até o nível da MLS, segundo treinador de equipe adversária  -  (crédito: Foto: Peter Parks/AFP via Getty Images)
Efeito Messi melhora até o nível da MLS, segundo treinador de equipe adversária - (crédito: Foto: Peter Parks/AFP via Getty Images)
Jogada10
postado em 21/02/2024 09:55 / atualizado em 21/02/2024 10:02

A Flórida (EUA) recebe milhares de turistas por mês. Afinal, tem muitas praias, outlets de Miami e parques de diversões, como a Disney, por exemplo. No entanto, os visitantes incluíram uma nova atração no roteiro: o estádio do Inter Miami. E o motivo é, dependendo do ponto de vista mais importante que o próprio Pateta: o jogador Lionel Messi.

Desde a chegada de Messi ao seu novo clube para disputar a Major League Soccrer, o futebol dos EUA passou a ter mais atenção do público de um modo geral. Aliás, desde a chegada do argentino, as arquibancadas frequentemente estão cheias. Mas, mais que isso, o local virou parada obrigatória de turistas que vão até pelo menos a porta do estádio e tiram fotos.

Aliás, é algo comum ver turistas claramente vestidos para um passeio na Disney tirando fotos em frente à casa do Inter Miami.

O falado “Efeito Messi”, afinal, não aconteceu por mero acaso. Foi feito um planejamento por parte de David Beckham, Jorge Mas e Xavier Asensi, gestores do Inter Miami, que queriam “bombar” o futebol americano e pensaram no melhor jogador do mundo.

“Na época, Messi estava no Barcelona, e ele nunca havia jogado em outro lugar. Quando ele foi para Paris, vimos uma verdadeira oportunidade. Isso se tornou nossa vida. Trabalhamos por anos e conseguimos trazê-lo”, disse Xavier Asensi, diretor de negócios do Inter Miami.

Efeito Messi

O Inter Miami comemora o feito. No entanto, os adversários também elogiam e percebem o crescimento da liga. O técnico do Real Salt Lake, adversário do Miami na noite desta quarta-feira (21), às 22h (de Brasília), em jogo pela MLS, garante que o nível da competição cresceu.

“Acho que é um efeito similar ao de quando Beckham veio para a Liga como jogador. Isso realmente eleva a qualidade, e os times querem continuar a melhorar. Quando você pode trazer atletas de tamanha qualidade como Messi, isso aumenta o nível, não só do time que eles estão jogando, mas da Liga em geral”, completou.

Gostou da matéria? Escolha como acompanhar as principais notícias do Correio:
Ícone do whatsapp
Ícone do telegram

Dê a sua opinião! O Correio tem um espaço na edição impressa para publicar a opinião dos leitores pelo e-mail sredat.df@dabr.com.br