Golpe

Homem se passava por policial civil para aplicar golpes em moradores do DF

Suspeito chegou a comprar, com dados das vítimas, televisões, geladeiras e outros aparelhos eletroeletrônicos. Homem já era acusado de furto e fraude

Edis Henrique Peres
postado em 24/11/2021 13:23
Suspeito já era acusado de crimes de roubo substanciado e furto mediante fraude. -  (crédito: PCDF/Divulgação)
Suspeito já era acusado de crimes de roubo substanciado e furto mediante fraude. - (crédito: PCDF/Divulgação)

Um homem de 22 anos foi preso, na tarde desta terça-feira (23/11), por se passar por policial civil para aplicar golpes em moradores do Distrito Federal. O suspeito já era acusado de crimes de roubo substanciado e furto mediante fraude. A prisão em flagrante foi realizada pela 6ª Delegacia de Polícia (Paranoá).

De acordo com o delegado-chefe da 6ª DP, Ricardo Viana, o homem roubava os celulares das vítimas com ameaças e, de posse do aparelho, se passava de policial civil para conversar com os contatos das vítimas, como se estivesse em busca de recuperar o aparelho.

“Esse contato era por e-mail ou SMS e a vítima, pensando se tratar de um agente público, passava os dados qualificativos a ele. De posse do aparelho de celular e dos dados, ele passava a realizar várias compras no comércio. Adquiriu televisões, geladeiras e outros eletroeletrônicos”, detalha o delegado.

As mensagens do golpe foram encontradas pelos policiais nos aparelhos celulares apreendidos com o envolvido. O suspeito foi recolhido à carceragem da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) e permanece à disposição da Justiça.

Veja as mensagens trocadas com as vítimas:

  • Homem se passava por policial civil e fingia investigar roubo de celular que ele mesmo tinha roubado para adquirir dados das vítimas. PCDF. 6ª DP
    Homem fingia ser policial e dizia que estava investigado roubo de celular que ele mesmo tinha cometido PCDF/Divulgação
  • Homem se passava por policial civil e fingia investigar roubo de celular que ele mesmo tinha roubado para adquirir dados das vítimas. PCDF. 6ª DP
    Suspeito já era acusado de crimes de roubo substanciado e furto mediante fraude. PCDF/Divulgação
  • Homem se passava por policial civil e fingia investigar roubo de celular que ele mesmo tinha roubado para adquirir dados das vítimas. PCDF. 6ª DP
    Com dados das vítimas e dos celulares, homem comprava aparelhos eletrônicos PCDF/Divulgação

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

CONTINUE LENDO SOBRE