Botafogo goleia CRB

Botafogo goleia CRB

postado em 17/05/2015 00:00
 (foto: Ruano Carneiro/AGIF
)
(foto: Ruano Carneiro/AGIF )

O Botafogo conquistou sua segunda vitória em duas rodadas na Série B, vencendo o CRB por 4 x 1 no Engenhão, na tarde de ontem. A vitória coincidiu com o aniversário do falecido Nilton Santos, astro do time e da Seleção Brasileira nos anos 1950 e 1960, e que dá nome ao estádio. O ex-jogador completaria 90 anos ontem.

O próximo jogo do Botafogo pela Série B será contra o Atlético-GO, sábado, no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. Antes, porém, o time enfrenta o Figueirense, na quarta-feira, pela Copa do Brasil. Já o CRB, que estacionou nos três pontos no meio da tabela, recebe o Bahia no Rei Pelé em Maceió, também no sábado.

O Alvinegro carioca impôs sua superioridade técnica em campo e dominou o CRB. O primeiro gol foi marcado por Bill, aos 16 minutos, após boa jogada de Sassá pela esquerda. Depois do gol, o ritmo da partida esfriou até o fim do primeiro tempo.

A queda de ritmo do time foi resolvida nos vestiários, e logo aos 9 minutos, com ajuda do goleiro Júlio César, o estreante Lulinha, que acabara de entrar em campo, recebeu livre e ampliou o placar. Com 2 x 0, o Botafogo não demorou para voltar a marcar, com chute da meia-lua de Willian Arão. Aos 21, o goleiro do CRB voltou a falhar e engoliu um frango após fraca cabeçada de Elvis.

Com a fatura definida, o Botafogo relaxou e deu espaços para os alagoanos, que diminuíram com chute de Fernando. O gol deu números finais ao placar: 4 x 1.

Ficha

4 BOTAFOGO
Jéfferson, Gilberto, Renan Fonseca, Diego Giaretta e Carleto; Marcelo Mattos (Guilherme Camacho), Willian Arão e Daniel Carvalho (Elvis); Sassá (Lulinha), Rodrigo Pimpão e Bill
Técnico: René Simões

1 CRB
Júlio César, Paulo Sérgio, Daniel Marques, Audálio e Gleidson Souza; Glaydson Almeida (Fernando), Olívio, Leandro Brasília (Gerson Magrão) e Clebinho (Kenedy); Maxwell e Daniel Cruz
Técnico: Alexandre Barroso

Gols: Bill, aos 16 minutos do primeiro tempo; Lulinha, aos 9, Arão, aos 16, Elvis, aos 21, e Fernando aos 31 minutos do segundo tempo
Cartões amarelos: Rodrigo Pimpão, Marcelo Mattos, Carleto, Willian Arão, Elvis, Clebinho, Gleidson Souza
Cartão vermelho: Rodrigo Pimpão (Bota)
Público: 10.500 pagantes (12.535 presentes)
Renda: R$ 319.850
Árbitro: Paulo Schleich Vollkopf (MS)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação