DF registra quatro homicídios em 24 horas

DF registra quatro homicídios em 24 horas

» Sarah Peres
postado em 05/05/2020 00:00
 (foto: Wallace Martins/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Wallace Martins/Esp. CB/D.A Press)

O Distrito Federal registrou quatro assassinatos em 24 horas. O primeiro crime ocorreu por volta das 2h de domingo, no Recanto das Emas. Um homem e uma adolescente foram executados a tiros, e uma terceira vítima ficou ferida. Outro duplo homicídio foi registrado às 2h30 de ontem, em São Sebastião. Ambos os casos são investigados como possíveis acertos de contas. Até o fechamento desta edição, ninguém havia sido preso.

De acordo com o delegado Pablo Aguiar, chefe da 27; Delegacia de Polícia (Recanto das Emas), o duplo homicídio na região administrativa teria sido cometido por dois suspeitos. O único sobrevivente, um homem de 23 anos, relatou que os criminosos chegaram na quadra 302 em um carro. ;Eles teriam dito que era um assalto, mas identificamos que isso foi apenas uma forma de despistar a real motivação do assassinato. Eles colocaram as vítimas ajoelhadas e as executaram. A mulher levou um tiro na cabeça e no peito, e o homem um disparo na cabeça;, relatou.

O jovem que sobreviveu correu quando os suspeitos desceram do veículo armados, mas mesmo assim foi atingido. Ele precisou ser encaminhado para o Hospital Regional de Taguatinga (HRT), mas sofreu ferimentos leves e não corria risco de morte. A testemunha prestou depoimentos aos investigadores no domingo e ontem. As vítimas que morreram tinham 26 e 17 anos, e não foram identificadas.

;Apuramos que os jovens tinham brigas com pessoas do Recanto das Emas, mas também com moradores de Santo Antônio do Descoberto (GO). Como os pertences deles foram deixados, como celulares e cartões, a hipótese de acerto de contas se fortalece. Estamos tentando identificar mais testemunhas para chegarmos até os criminosos. Ninguém foi identificado;, finalizou o delegado.

São Sebastião
Por volta das 2h30 de ontem, um duplo homicídio foi registrado na Vila Boa, em São Sebastião. As vítimas foram identificadas como Jeferson Carvalho Moura, de 24 anos, e Wesley Francelino de Paula da Silva, conhecido como Pezão, 32. Agentes da 30; DP (São Sebastião) identificaram o suspeito do crime, que teria agido sozinho.

Segundo informações da investigação, Wesley já tinha sofrido três tentativas de homicídio neste ano. Ele estava em regime domiciliar e usava uma tornozeleira eletrônica. O homem tinha passagens por homicídio, roubo, receptação, tráfico e porte de drogas, além de crimes no âmbito da Lei Maria da Penha. Pelo histórico de conflitos de Pezão, o delegado-adjunto Fabio Michelan trabalha com a possibilidade de acerto de contas.

;Wesley era uma pessoa jurada de morte, e identificamos que muitas pessoas teriam motivo para matá-lo. Conseguimos identificar um suspeito do crime por meio de depoimento de testemunhas, e agora trabalhamos para encontrá-lo. Por conta de todo o histórico, acreditamos que Jeferson não era um dos alvos;, afirma Fabio Michelan.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação