Meninas seguem sem vez

Meninas seguem sem vez

postado em 17/05/2015 00:00
Por mais que parcerias de clubes de futebol sejam frequentes com equipes de outras modalidades, o mesmo não ocorre entre as mulheres. Entre os 20 participantes do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino disputado no ano passado, apenas quatro times estão hoje na Série A masculina: Avaí, Chapecoense, Sport e Vasco. A elite nacional também compareceu com três equipes da Série B: Bahia, Botafogo e Náutico.

Apesar de não constar na lista do principal torneio do país, o São Paulo conta com um time feminino de futebol em parceria com a prefeitura de Barueri, que disputa o Campeonato Paulista. Além dele, Santos e Corinthians têm equipes femininas. Mesmo assim, os valores movimentados são mínimos perto do universo masculino.

Essa contradição tenta ser minimizada pela medida provisória que envolve a renegociação das dívidas dos clubes, discutida no Congresso Nacional. A MP propõe que os times mantenham investimento mínimo e permanente nas categorias de base e no futebol feminino. A exigência da União relativa aos incentivos para as meninas, no entanto, gerou protestos por parte dos dirigentes.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação