Bolsa e dólar sobem

Bolsa e dólar sobem

postado em 17/06/2016 00:00

A Bolsa de Valores de São Paulo (BM) viveu mais um dia pautada pelo cenário internacional. Os fatos políticos aumentaram a cautela, mas não determinaram a ação dos investidores. Pela manhã, seguiu o movimento de aversão ao risco vivido na Europa e nos Estados Unidos, quando o Ibovespa, principal índice da bolsa paulista, chegou a cair 1,73%. A tarde, no entanto, seguiu as bolsas norte-americanas, e acabou encerrando o pregão em alta de 1,02%, a 49.411 pontos.

A reação veio por meio de ações de setores como siderurgia, financeiro e papel e celulose. Entre os destaques do dia estiveram Copel PNB (+4,25%), Suzano PNA (+2,77%) e CSN (+2,84%). As ações da Vale tiveram desempenhos diferentes, com Vale ON em alta de 1,53% e Vale PNA em baixa de 0,16%. O mesmo aconteceu com os papéis da Petrobras, com alta de 0,85% (ON) e baixa de 0,12% (PN).

No mercado de câmbio, após uma tarde de volatilidade, o dólar fechou alta de 0,10%, cotado a R$ 3,470. O ambiente de negócios melhorou no exterior, com alta nos mercados acionários de Nova York, após o fechamento das bolsas europeias.

Segundo operadores de câmbio, a saída dos investidores da Europa abriu caminho para a redução da aversão ao risco decorrente de preocupações com uma eventual saída do Reino Unido da União Europeia. Com os temores minimizados, foi observada alguma cobertura de posições por parte daqueles excessivamente vendidos. Também pesaram na cotação da divisa as perspectivas de que o Federal Reserve poderá demorar para elevar os juros nos EUA.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação