OMS prevê centenas de milhões de vacinas neste ano

OMS prevê centenas de milhões de vacinas neste ano

postado em 19/06/2020 00:00
 (foto: Chaideer Mahyuddin/AFP)
(foto: Chaideer Mahyuddin/AFP)

A Organização Mundial da Saúde (OMS) espera que as primeiras centenas de milhões de doses de vacinas para a covid-19 estejam disponíveis, até dezembro, para serem aplicadas nas pessoas mais vulneráveis. Segundo o órgão internacional, o objetivo é desenvolver 2 bilhões de doses até o fim de 2021. ;Estamos trabalhando com a perspectiva de que teremos algumas centenas de milhões de doses até o fim do ano, se formos muito otimistas;, destacou em uma entrevista, feita por vídeo, a cientista-chefe da OMS, Soumya Swaminathan.

Pesquisadores de todo o mundo trabalham em mais de 200 projetos de imunização, sendo que 10 já estão na fase de testes clínicos, em humanos. ;Esperamos que, até o fim de 2021, tenhamos 2 bilhões de doses de uma a três vacinas eficazes para distribuir em todo o mundo;, afirmou Swaminathan, enfatizado que se trata de uma probabilidade, já que, até agora, as fórmulas seguem sendo usadas de forma experimental.

A OMS defende que a prioridade da imunização seja para profissionais que atuam na linha de frente, como médicos e policiais, assim para os mais vulneráveis à doença, idosos e diabéticos, por exemplo, além de pessoas expostas em áreas de alta transmissão, como as favelas. ;Você precisa começar com os mais vulneráveis e, depois, vacinar progressivamente mais pessoas;, explicou Swaminathan. ;Se tivermos sorte, haverá uma ou duas candidatas a uma potencial vacina até o fim do ano.;

No mês passado, líderes da indústria farmacêutica disseram acreditar na possibilidade de surgimento de uma vacina antes de 2021, mas enfatizaram que o desafio é enorme, já que disponibilizar uma fórmula de imunização globalmente exigiria duas doses de vacina por pessoa, o equivalente a cerca de 15 bilhões de vacinas.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação