CURTAS

CURTAS

postado em 04/12/2014 00:00
 (foto: Puma Automoveis/Divulgação)
(foto: Puma Automoveis/Divulgação)

; MARCA BRASILEIRA
A volta do Puma?


Quem curte automóvel, mesmo jovem, conhece a história do Puma GT, um esportivo que reinou em uma época (1968-1975) na qual era proibida a importação. O modelo pode voltar ao mercado 50 anos depois. Por enquanto, pelo menos no mundo virtual, no site oficial e nos canais nas redes sociais. O primeiro protótipo deve começar os testes nas pistas em março de 2015 e a ideia é produzir um lote de 25 veículos de competição para formar uma nova categoria, com pilotos seniores e juniores, mesclando disputas de velocidade e regularidade. O esportivo terá carroceria de fibra de vidro e linhas criadas pelo paulista Du Oliveira. Além de remeter ao clássico Puma GT (1968-1975), elas se inspiram nos modelos Porsche Boxster e Lotus Elise. O design do modelo foi criado pelo paulista Du Oliveira. O chassi é tubular e o motor, 1.6 turbo com injeção direta, que rende 250cv com etanol e está acoplado a um câmbio manual de cinco velocidades. O futuro Puma terá suspensão independente nas quatro rodas. As dimensões são as seguintes: 4,15m de comprimento, 1,95m de largura, 1,11m de altura e 2,85m de entre-eixos. O peso total é de apenas 750 quilos.


; TESTE
Bomba nas cadeirinhas


Os testes de colisão realizados pela Associação de Consumidores Proteste com 13 cadeiras infantis automotivas vendidas no Brasil revelaram que elas não oferecem segurança, pois nenhuma delas obteve cinco estrelas, a pontuação máxima. A nota máxima que elas conseguiram foram três estrelas. Os testes, feitos em parceria com o Global NCAP (programa de avaliação de carros novos) e o ICRT (International Research & Testing), incluem um impacto frontal a 64km/h e um lateral a 28km/h, nos quais são avaliados o deslocamento e a aceleração da cabeça do boneco, além de cargas no pescoço e aceleração do tórax.


; MINI
Por menos de R$ 100 mil


A Mini lança no Brasil uma série limitada (a 100 unidades) do Cooper S com câmbio manual de seis velocidades, que tem preço básico sugerido de R$ 99.950. O carrinho tem motor 2.0 turbo, que gera 192cv de potência e 28,5kgfm de torque; sistema multimídia Mini Copnnected, com tela de 6,5 polegadas e uma série de recursos, que incluem informações detalhadas do carro e lista preferida de músicas; ar-condicionado de duas zonas; Mini Driving Modes, que possibilita ao motorista escolher entre três modos de dirigir; rodas de liga leve de 17 polegadas; faróis e lanternas em LED; volante multifuncional e bancos esportivos revestidos em couro. O Mini Cooper S acelera até 100km/h em 6,8s e chega a 235km/h de velocidade máxima.


; GOLF
Mexicano na área


A Volkswagen já iniciou a venda dos novos Golfs importados do México, que desembarcam nas mesmas versões Comfortline (a partir de R$ 69.510), Highline (R$ 75.830) e GTi (R$ 102.680), que mantiveram os mesmos preços. As duas primeiras têm motor 1.4, que gera 140cv e pode ser acoplado a um câmbio manual de seis marchas ou a um automatizado (DSG) de dupla embreagem e sete velocidades. A opção mais esportiva é equipada com o 2.0 TSI (turbo e injeção direta de combustível), que desenvolve 220cv; e câmbio automatizado de seis velocidades, com aletas junto ao volante para as trocas de marchas. O GTi acelera até 100km/h em 6,5 segundos e atinge a velocidade máxima de 244km/h. Todas as versões vêm de série com sete air bags (dois frontais, dois do tipo cortina, dois laterais e um de joelho para o motorista) e controles de tração e estabilidade. O novo Golf, que recebeu nota máxima no teste de proteção a adultos e crianças do Latin NCAP, será produzido no Brasil a partir de 2015.


; CADILLAC
Luxo e pimenta


A Cadillac, marca de luxo da General Motors nos Estados Unidos, exibiu no Salão de Los Angeles, as versões mais apimentadas do ATS-V, nas opções sedã e cupê. Elas são equipadas com motor V6 3.6 twin-turbo, que desenvolve 455cv de potência e 60,6kgfm de torque; câmbio manual de seis velocidades ou automático de oito marchas (com borboletas junto ao volante para trocas manuais); amortecedores com atuação elétrica; entradas de ar maiores na frente; grade dianteira no estilo colmeia; dupla saída de escape; rodas de liga de 18 polegadas; e kit aerodinâmico (saias laterais e spoiler traseiro). A aceleração até 100km/h é feita em apenas 3,9 segundos e a máxima é de 297km/h.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação