Produção reduzida

Produção reduzida

» VERA BATISTA
postado em 02/03/2016 00:00

Após acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos, a Mitsubishi Motors decidiu interromper a produção dois dias por semana na fábrica de Catalão (GO), na tentativa de evitar novas demissões de empregados. Segundo a empresa, a medida será mantida até junho. No período, a unidade passará a operar de terça a quinta-feira, no regime de banco de horas, sem desconto nos salários. ;A diminuição da jornada de trabalho é válida somente para a produção. O setor administrativo continua trabalhando;, informou a empresa, por meio de nota.

Segundo Thiago Cândido Ferreira, secretário-geral do Sindicato dos Metalúrgicos de Catalão (Simecat), ao longo de 2015, devido à crise econômica, houve queda superior a 21% na produção de veículos. Na fábrica de Catalão, onde são montados 85% dos modelos da Mitsubishi vendidos no país, outubro foi o pior mês, com mais de 400 demissões. ;De julho para cá, mais de mil pessoas foram cortadas. Por isso, concordamos em instituir o sistema de banco de horas, com o compromisso da empresa de não demitir;, contou.

De julho a dezembro, segundo os termos do acordo, os operários vão repor uma hora por dia, metade no início e metade no fim da jornada. A expectativa da empresa, segundo Ferreira, é de que as vendas voltem a se aquecer no início do segundo semestre.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação