Uma Libertadores na Copa do Brasil

Uma Libertadores na Copa do Brasil

Quartas de final podem ter os oito times que representaram o país no torneio continental. Sete estão confirmados. Chapecoense será o oitavo se bater o Cruzeiro hoje. Palmeiras sofre para eliminar o Internacional

postado em 01/06/2017 00:00
 (foto: Fabio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação
)
(foto: Fabio Menotti/Ag Palmeiras/Divulgação )




Das oito vagas para as quartas de final da Copa do Brasil, sete já são de times que representam ou participaram da Copa Libertadores da América neste ano. Atlético-PR, Atlético-MG, Botafogo, Flamengo, Grêmio, Palmeiras e Santos estão classificados. Hoje, a Chapecoense ; que assim como o Flamengo foi eliminado na fase de grupos da competição continental ;, pode fechar o grupo dos oito se passar pelo Cruzeiro hoje, às 21h30 na Arena Condá. Do contrário, o time celeste será o único ;intruso; no mata-mata entre times que disputaram a Libertadores.

A classificação mais tensa de ontem foi a do Palmeiras. O elenco de maior custo do país sofreu para eliminar um combalido Internacional. Como se não bastasse o rebaixamento para a segunda divisão e a demissão do técnico Antonio Carlos Zago no último domingo, o time gaúcho pode ser banido da Série B, em mais um desdobramento do caso Victor Ramos (ler matéria na página 19). Na raça, o argentino D;Alessandro e o uruguaio Nico López abriram 2 x 0 para o time da casa, mas o Palmeiras diminuiu com Thiago Santos e fez prevalecer o triunfo do jogo de ida, por 1 x 0, em São Paulo.

;Fizemos um primeiro tempo muito abaixo do que podíamos produzir. Nos cobramos e voltamos com uma postura diferente. Continuamos lutando e fizemos o gol;, comentou o atacante Willian, do Palmeiras.

No Internacional, Edenílson exaltou a postura colorada diante de tantos problemas nas últimas semanas. ;Hoje (ontem) mostramos o tamanho da nossa equipe. Temos que continuar neste caminho. Precisamos entrar em todos os jogos como se fosse hoje (ontem) com o Palmeiras. A motivação está na cabeça de cada um. Erramos na última partida e não entramos com esta pegada. Precisamos ter este espírito;, afirmou o volante.

D;Alessandro abriu o placar aos oito minutos do primeiro tempo. Edenílson roubou a bola no meio de campo, avançou e tocou para o meia argentino chutar no canto direito do goleiro Fernando Prass. No segundo tempo, Edenílson acionou D;Alessandro, que tocou para William. O lateral cruzou rasteiro para Nico López. Ele finalizou, a bola bateu em Fernando Prass e morreu no fundo das redes do Palmeiras.

O Palmeiras diminuiu na base do abafa. Jean cobrou falta. Thiago Santos dividiu com Danilo Silva e a bola entrou. O goleiro Danilo Fernandes também falhou no lance crucial da partida. Hoje, o Inter apresentará oficialmente Guto Ferreira, ex-Bahia, como novo técnico. O treinador viu o duelo de ontem da arquibancada.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação