Corinthians joga contra crise

Corinthians joga contra crise

Sem vencer há três jogos, Timão enfrenta um embalado Vasco, que ainda não sofreu gol depois da demissão de Milton Mendes

postado em 17/09/2017 00:00
 (foto: Daniel Augusto Jr./Agencia Corinthians)
(foto: Daniel Augusto Jr./Agencia Corinthians)

Com três jogos sem vencer, mas ainda líder com sobras no Campeonato Brasileiro, o Corinthians aposta no retorno do lateral-esquerdo Guilherme Arana contra o Vasco, hoje, às 16h, em Itaquera, pela 24; rodada, para espantar de vez a má fase e, quem sabe, ampliar a vantagem em relação ao Grêmio ; hoje de sete pontos (50 x 43).


Guilherme Arana se machucou durante a partida contra o Vitória, em 19 de agosto, na derrota por
1 x 0, e viu o fim da invencibilidade que durava 34 partidas. Após três jogos de ausência por causa de uma lesão na coxa direita, o lateral-esquerdo volta, tendo como marca o fato de praticamente estar invicto na temporada.


Nas cinco derrotas do Corinthians no ano, Guilherme Arana atuou só os 45 minutos do jogo contra os baianos. Ele ficou fora contra Santo André e Ferroviária (estava com a seleção brasileira sub-20), no Campeonato Paulista, e diante de Atlético-GO e Santos (machucado), pelo Brasileirão.


Para animar ainda mais e encher de confiança os torcedores, o Corinthians acertou na última sexta-feira a renovação de contrato do técnico Fábio Carille por mais dois anos, com possibilidade de prorrogar por mais um. Mesmo com a sequência de três partidas sem vencer, a tendência é que a arena tenha mais de 40 mil corintianos. No Vasco, o curioso é que o volante Jean, um dos destaques da equipe carioca na temporada, é jogador do Corinthians e deve ser aproveitado em 2018 por Fábio Carille. O técnico Zé Ricardo preferiu não confirmar o time, mas a tendência é que tenha duas mudanças em relação à equipe que venceu o Grêmio, na semana passada. Jean volta ao meio campo após cumprir suspensão e o lateral-direito Gilberto poderá ser o outro volante.


O time confia na defesa para sair com um bom resultado. O Vasco não foi vazado por Fluminense e Grêmio depois da troca de Milton Mendes por Zé Ricardo.

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação