Em Montevidéu, Grêmio inicia defesa do título

Em Montevidéu, Grêmio inicia defesa do título

postado em 27/02/2018 00:00


Um recreativo em Los Céspedes, onde se localiza o Centro de Treinamento do Nacional, marcou o único treinamento do Grêmio em Montevidéu antes da estreia na Copa Libertadores da América. Atuando como atacante no treino recreativo, Renato Gaúcho não deu pistas sobre qual equipe escalará para enfrentar o Defensor, hoje, às 19h15, no Estádio no estádio Luis Franzini. Atual campeão do torneio, o tricolor gaúcho inicia a caça ao tetra.

Apesar do treino de ontem não dar pistas do time que será utilizado, devem ocorrer duas trocas no time: Ramiro, que cumpriu suspensão contra o Independiente, e a entrada de Madson no lugar de Léo Moura.

A principal dúvida na escalação é no ataque. Cicero e Jael, que vem respaldado pela boa atuação e o gol diante do Novo Hamburgo, são as duas principais alternativas para o time titular. Hernanes, que reclamou de dores musculares na última semana, deve iniciar a partida entre os reservas.

Embora já treine normalmente no CT Luiz Carvalho, o volante Arthur foi desfalque na delegação do Grêmio em Montevidéu. Sem jogar desde a final da Libertadores, contra o Lanús, em 29 de novembro, o volante está recuperado clinicamente da ruptura no ligamento do tornozelo esquerdo que sofreu no jogo contra os argentinos. Em 12 de fevereiro, antes da viagem para a Argentina para a final da Recopa, contra o Independiente, Arthur voltou a sentir dores no local.

O volante também está envolvido na negociação entre Grêmio e Barcelona, em que os clubes devem oficializar em breve a venda do jogador ao clube espanhol por 40 milhões de euros. Ele só se apresentará no início de 2019. Ainda assim, o técnico Renato esclarece que o motivo para Arthur ficar de fora da estreia na Libertadores é a falta de confiança.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação