Brasileiros são campeões mundiais na classe Star

Brasileiros são campeões mundiais na classe Star

postado em 15/10/2018 00:00
 (foto: @jorgezarif)
(foto: @jorgezarif)
Os brasileiros Jorge Zarif e Guilherme de Almeida conquistaram, em Oxford, nos Estados Unidos, o título do Campeonato Mundial da classe Star da vela, ao triunfarem ao fim de seis regatas disputadas ao longo da semana passada, na qual terminaram a disputa com apenas 14 pontos perdidos para ficarem com o ouro.

O feito foi assegurado no sábado, quando a dupla de velejadores superou os noruegueses Elvind Mellby e Joshua Revkin, campeões mundiais em 2017, que ficaram com a medalha de prata ao contabilizarem 19 pontos perdidos. O Brasil também teve um terceiro competidor no pódio com Arthur Lopes faturando o bronze ao lado do norte-americano Paul Cayard, sendo que eles perderam 24 pontos ao total.

;Estou muito feliz. A Star é uma classe tradicional, com grandes velejadores. É um privilégio colocar meu nome naquele troféu;, comemorou Jorge Zarif, por meio de declarações distribuídas ontem pela assessoria.

Parceiro do atual titular da equipe brasileira de vela na classe Finn, Guilherme de Almeida se emocionou ao festejar a conquista, quando lembrou que começou a velejar ao lado do pai de Jorginho, Jorge Zarif Neto, que esteve presente em duas edições dos Jogos Olímpicos, em Los Angeles-1984 e Seul-1988.

;É uma experiência maravilhosa velejar com o Jorge, ele é incrível. Comecei a velejar com o pai dele, quando eu tinha 14 anos. Agora estou com Jorginho vencendo o Campeonato Mundial. É como um sonho. Ele é um vencedor;, ressaltou Guilherme.

A classe Star não integrará o programa de provas da vela nas Olimpíadas de Tóquio, em 2020, mas o título obtido no fim de semana aumentou a tradição do Brasil em vitórias no Mundial, no qual as duplas Alan Adler e Nelson Falcão, Torben Grael e Marcelo Ferreira, Robert Scheidt e Bruno Prada, Lars Grael e Samuel Gonçalves faturaram a medalha de ouro.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação