Substituições fizeram a diferença

Substituições fizeram a diferença

postado em 16/06/2014 00:00
 (foto: Anne-Christine Poujoulat/AFP
)
(foto: Anne-Christine Poujoulat/AFP )

Surpreendido pela intuição de Seferovic, que decidiu a partida em favor da Suíça nos descontos, Ottmar Hitzfeld teve a certeza de ter sido implacável nas substituições ; além do camisa 9, ele mandou a campo, no segundo tempo, Mehmedi, autor do gol de empate. ;Ele (Seferovic) percebeu a oportunidade no contra-ataque, e é muito importante ter essa intuição;, elogiou o treinador. ;Foi como um sonho poder ganhar essa partida no último minuto;, admitiu o alemão.

Na opinião de Hitzfeld, o resultado embala a equipe para a próxima partida, contra a França, sexta-feira, na Arena Fonte Nova, em Salvador. ;É importante para levantar o moral do grupo;, analisou. No entanto, nem a emoção da vitória conseguiu tirar o foco do técnico. ;Temos muita coisa a superar. Ainda não chegamos ao máximo da excelência.;

Surpreso com o desempenho ruim no início da partida, o comandante assumiu que a seleção começou nervosa. ;Parece que ficamos presos entre a linha de meio campo e a defesa. Levamos tempo para nos adaptar ao jogo que o oponente impôs;, reclamou.

O caminho para a vitória suíça em Brasília teve início no intervalo. ;Era importante que a equipe acreditasse nas suas habilidades;, disse. Com a confiança recuperada, foi possível superar alguns obstáculos enumerados por Hitzfeld, como a temperatura e a umidade. ;Foi importante dar uma acalmada para ver que, mesmo com as adversidades, eles vão mirar a vitória.;

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação