Shaqiri faz três e Suíça avança

Shaqiri faz três e Suíça avança

postado em 26/06/2014 00:00
 (foto: Michael Dalder/Reuters)
(foto: Michael Dalder/Reuters)


A Suíça mostrou, contra Honduras, uma eficiência que ainda não tinha exibido nesta Copa do Mundo. É verdade que ajudou a fragilidade do adversário, mas a equipe dirigida por Ottmar Hitzfeld se impôs e avançou às oitavas de final com um triunfo por 3 x 0 em Manaus. Todos os gols foram marcados por Shaqiri, o melhor em campo, que contou com grande contribuição de Drmic. Segunda colocada no Grupo E, a seleção suíça enfrentará no mata-mata a Argentina, que se classificou com 100% de aproveitamento no Grupo F. O confronto está marcado para as 13h (de Brasília) da próxima terça-feira, no Itaquerão, em São Paulo.

Honduras ficou mais tempo com a bola na primeira etapa, 62%, mas não conseguiu criar nenhuma jogada de perigo. Já a formação europeia, com Shaqiri atuando na faixa central, bem perto do centroavante Drmic, era mais eficiente. Aos 5 minutos, o primeiro gol. Shaqiri carregou da esquerda para o meio e bateu forte, da entrada da área. A bola tocou no travessão e entrou no ângulo direito do goleiro.

Atrás, os hondurenhos buscaram o ataque, sem objetividade. Os suíços se mantiveram discretos até os 30 minutos, quando Inler puxou contra-ataque e lançou Drmic na esquerda. Shaqiri recebeu na área e bateu na saída de Valladares para ampliar.

O técnico Luis Fernando Suárez, que já havia colocado Jerry Palacios no lugar de Costly no fim do primeiro tempo, apostou em Chavez no intervalo. E a equipe hondurenha passou a ser mais perigosa. Bengtson desperdiçou duas chances dentro da área. Mas as chances de reação acabaram aos 25. Drmic recebeu lançamento longo e rolou para Shaqiri, que marcou o terceiro.


FICHA TÉCNICA

HONDURAS 0 X 3 SUÍÇA

HONDURAS
Valladares; Beckeles, Bernardez, Figueroa e Juan Garcia; Claros, Wilson Palacios, Boniek Garcia (Najar) e Espinoza (Chavez); Bengtson e Costly (Jerry Palacios)
Técnico: Luis Fernando Suárez

SUÍÇA
Benaglio; Lichtsteiner, Schar, Djourou e Rodríguez; Behrmai e Inler; Xhaka (Lang), Shaqiri (Dzemaili) e Mehmedi; Drmic (Seferovic)
Técnico: Ottmar Hitzfeld

Gols: Shaqiri, aos cinco e aos 30 minutos do primeiro tempo; e aos 25 minutos do segundo tempo
Cartão amarelo: Jerry Palacios
Árbitro: Nestor Pitana (Argentina)
Assistentes: Hernan Maidana e Juan Pablo Belatti

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação