FAVAS CONTADAS

FAVAS CONTADAS

postado em 15/05/2015 00:00
 (foto: Rafael Lobo/Divulgação


)
(foto: Rafael Lobo/Divulgação )

Cerrado no prato
Em sua décima edição, o Festival Gastronômico Brasil Sabor, que começou ontem (e segue até dia 31) em todo o país, retoma a proposta original de oferecer pratos que valorizem os ingredientes locais. Assim, a mesa da capital federal está muito focada nos produtos do cerrado, com ênfase no pequi, no baru, na cagaita, no buriti, no jatobá e em outros frutos. No passado, o festival chegou a reunir uma centena de participantes, mas esse número vem decrescendo para chegar este ano a cerca de 70.

Apenas 22 grifes toparam o desafio de elaborar receitas com produtos do cerrado, sendo que algumas servem o mesmo prato em mais de um endereço. É o caso do Gordeixo`s, cujo filé de salmão à milanesa com muçarela e molho branco, escoltado de legumes no azeite de baru e purê de batata com crocante de baru (R$ 29) é oferecido no Sudoeste e em Taguatinga.

Outro filé de peixe (linguado) da rede Marietta com arroz sete grãos e baru sai por R$ 39, mesmo valor cobrado pelo Beira bife, um contrafilé grelhado seguido de sorvete de creme com baru, calda de chocolate e farofinha crocante sugerido pelo Beirute nas lojas da Asa Sul e Asa Norte.

Menos de R$ 50
O preço mais alto permitido é R$ 49. Neste nível o consumidor poderá encontrar risoto com carne seca precedido de salada de guariroba com pimenta biquinho, no Bazzo (412 Norte), ou uma pizza caipira com queijo Candango, linguiça e ovo caipira, além de focaccia na Baco (408 Sul e 309 Norte)

Outra pizzaria que escolheu a faixa de preço mais alta foi a Dolce Far Niente, de Águas Claras. Sai por R$ 49 a redonda de pato guisado ao vinho tinto e lascas de pequi com pomodoro pelati e muçarela. As pizzas servem duas pessoas.

Nova safra
Nos últimos dias de maio, o shopping CasaPark vai trazer de volta, totalmente reformulado, o evento gastronômico, no qual a grande novidade será o elenco de chefs pertencentes a uma geração ascendente no circuito gourmet. Com foco na cozinha regional brasileira, haverá aulas culinárias, degustações de cerveja e vinho e ferinha.

O CasaPark Gourmet 2015 reservou o sábado, dia 30, para as crianças, que irão aprender a preparar receitas colocando a mão na massa.

Da nova constelação gastronômica fazem parte o mineiro Rodrigo Zarife, o baiano Paulinho Martins e o brasiliense Bruno Veloso. Toda a programação será realizada na praça central do shopping ; mediante inscrições, abertas nesta quinta-feira, pelo site www.casaparkgourmet.com.br. Outra novidade é a ampliação do horário (haverá aulas à tarde) e do número de vagas, que passa para 80.

Minas e Bahia


Orgulhoso por ter sido o autor do primeiro restaurante de cozinha mineira da Europa ; o Calça Perra, em Tomar (Portugal) ; Rodrigo Zarife, de Belo Horizonte, abre a programação quarta-feira, 27 de maio, com um trio de receitas: ceviche de tilápia com carambolas, aroma de limão galego e crocante de batata-doce; polentinha de queijo canastra com ragu de galinha caipira e ora-pro-nobis; e o aereado de queijo minas com goiabada cascão de Ponte Nova na cachaça e paçoquinha.

Quinta-feira, 28, Bruno Veloso vai ensinar o preparo de seu fantástico bolo de churros, cuja foto publicada na internet lhe rendeu, em 48 horas, 300 encomendas. Antes, porém, ele prepara verrine de manga e cardamomo e cheesecake.

Salada de feijão de corda com rosbife de capivara, moqueca de pitu com bolinho de arroz e o arroz de pato de Gabriela, cozido com cravo e canela, é o menu de Paulinho Martins, discípulo de Edinho Engel.

Maioridade próxima
Hoje, a coluna Favas Contadas completa 17 anos. Um longo caminho percorrido, graças a vocês, meus leitores, que me incentivam, aplaudem, criticam e têm interesse pelos saberes e sabores de nossa cidade. Muito obrigada!

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação