Plantio pode ser melhorado

Plantio pode ser melhorado

postado em 21/02/2017 00:00

Devido às propriedades promissoras da planta, a Embrapa Amazônia Ocidental tem realizado pesquisas com o objetivo de melhorar o plantio da Piper aduncum e de testar o uso de seu óleo contra pragas agrícolas. ;As pesquisas têm como objetivo obter condições de cultivo e processamento que permitam preservar os princípios ativos e a qualidade que buscamos para a elaboração de bioprodutos;, explica Francisco Célio Maia Chaves, coordenador de estudos sobre a planta na Embrapa Amazônia Ocidental.

O especialista explica que diversas atividades experimentais têm sido feitas em laboratório, como técnica de adubação, escolha da época de corte e a análise do uso desses recursos na qualidade química do óleo extraído da planta Piper aduncum. Após o plantio especializado e experimental, o dilapiol extraído é repassado a pesquisadores de instituições parceiras para análise e experimentação, como o trabalho de Ana Cristina Silva Pinto.

;Buscamos desenvolver essa parte agronômica porque é algo que pode ajudar na criação de moléculas e produtos, como inseticidas e repelentes, que consigam render proteção a um mosquito que transmite diversas enfermidades, como o zika vírus, a dengue e a febre amarela;, frisa Chaves. ;Acredito que, para conseguirmos ter sucesso na área de pesquisa, precisamos realizar parcerias como essa, sempre é um trabalho em conjunto.; (VS)

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação