Candidatos à glória

Candidatos à glória

Buscando vaga nas oitavas de final, Colômbia e Costa do Marfim se enfrentam pela primeira vez. As duas seleções disputam mais do que a classificação no Mané Garrincha: querem fazer história com a camisa nacional

AMANDA MARTIMON VÍTOR DE MORAES
postado em 19/06/2014 00:00
 (foto: Carlos Silva/CB/D.A Press)
(foto: Carlos Silva/CB/D.A Press)

Como rivais em campo, Colômbia e Costa do Marfim fazem sua estreia hoje, às 13h, no Mané Garrincha. Essa é a primeira face inédita do duelo entre as duas seleções, que nunca estiveram frente a frente nem em amistosos. Além de brigarem pela liderança do Grupo C e pela classificação antecipada, ambas as equipes lutam pela chance de colocar o nome na história. Os ;Elefantes;, apelido da turma de Drogba, jamais passaram da fase de grupos. Já os ;cafeteros; ficaram 16 anos fora do Mundial e tiveram a presença nas oitavas de final da Copa de 1990 como o ápice da participação colombiana na competição.


Os pontos em comum entre as equipes comandas por José Pékerman e Sabri Lamouchi não param por aí. Lideradas por técnicos estrangeiros ; o primeiro, argentino; e o outro, francês ;, Colômbia e Costa do Marfim não são seleções de ;um jogador só;. Na linha de frente do time africano, Didier Drogba, Yaya Touré, Gervinho, Salomon Kalou e o estreante em Copas Wilfried Bony dividem as atenções. Do outro lado, quando se pensava que a ausência de Falcao García enfraqueceria o grupo colombiano, surgiu o protagonismo de James Rodríguez, ao lado de Cuadrado, Pablo Armero e Teófilo Gutiérrez.


Às vésperas do jogo que pode garantir ao vencedor vaga nas oitavas de final, os técnicos evitaram falar do futuro. Quase que parafraseando Pékerman, que conversou com a imprensa primeiro, na tarde de ontem, Lamouchi destacou que sua equipe está totalmente concentrada na partida de hoje. ;Não vamos ficar procurando outros problemas, o problema de agora é conseguir estar pronto para amanhã (hoje), às 13h;, avaliou. Antes, o comandante da Colômbia alertou que só falaria sobre o Japão, o próximo adversário, depois da partida contra os Elefantes.


Embora as duas equipes jamais tenham se enfrentado, José Pékerman conheceu os rivais quando comandou a seleção argentina na Copa da Alemanha, em 2006. ;Naquele ano, era uma equipe pouco conhecida. Agora, novos jogadores se uniram ao grupo, que já era muito bom com Drogba e Yaya Touré;, comparou. À época, os hermanos desbancaram os marfinenses por 2 x 1.
Antes de entrarem em campo logo mais, às 13h, Colômbia e Costa do Marfim compartilham a primeira posição do Grupo C ; completado por Japão e Grécia, ambos sem pontos. A equipe da América do Sul leva, porém, a vantagem no saldo de gols (3 x 1). Quem vencer no Mané Garrincha fica muito perto de avançar às oitavas ; o que seria um marco inédito no caso dos africanos.

COLÔMBIA X COSTA DO MARFIM
13h

Estádio Mané Garrincha - Brasília
Transmissão: Globo, Bandeirantes, SporTV, ESPN Brasil, Fox Sports e BandSports
Copa do Mundo - Grupo C - 2; rodada

COLÔMBIA
4-4-2

Ospina; Zuniga, Zapata, Yepes e Armero; Cuadrado, Carlos Sánchez, Aguilar, James Rodríguez; Ibarbo (Guarín) e Teófilo Gutiérrez
Técnico: Jose Pekerman

COSTA DO MARFIM
4-4-2

Barry; Aurier, Bamba, Zokora, Boka; Tioté, Diamondé (Kalou), Yaya Touré, Serey Die; Gervinho e Bony (Drogba)
Técnico: Sabi Lamouchi
Árbitro: Howard Webb (Inglaterra)
Assistentes: Michael Mullarkey (Inglaterra) e Darreb Cabb (Inglaterra)



-0-0-0-0-0-0-0

Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação