Vitória (ES)

Vitória (ES)

postado em 02/03/2016 00:00
 (foto: Cacá Lima/Divulgação)
(foto: Cacá Lima/Divulgação)

As praias mais movimentadas da capital capixaba são Camburi, com calçadão e ciclovia, e a praia do Canto, onde a procura é por bares e restaurantes. A Ilha do Boi é o recanto do sossego. Os esportes náuticos estão em toda a cidade. Os atletas da pesca esportiva buscam o marlim-branco e o marlim-azul. Experimente a moqueca capixaba, mas não sem antes ver como são feitas as panelas de barro, em Goiabeiras. As mulheres que mantêm a herança indígena por gerações são as famosas Paneleiras de Goiabeiras. Reserve um dia para ir à Cidade Alta. O tour pelo centro tem teatro inspirado no famoso Scala, de Milão.

Porto Velho (RO)
Com clima de cidade do interior e muitas ruas de terra, foi parte do Ciclo da Borracha. O acervo do Museu Ferroviário tem máquinas, móveis e documentos do período, além de uma locomotiva de 1878. Ele fica em um galpão às margens do Rio Madeira, maior atração do lugar. Durante o passeio de barco, segure o frio na barriga ao passar na corredeira de Santo Antônio, cartão-postal da cidade, e preste atenção na água. Não raro, os botos-cor-de-rosa aparecem. Cercadas por nascentes e cascatas, as trilhas do Parque Natural de Porto Velho valem a caminhada. Se sobrar energia, siga para a Calçada da Fama durante a noite.

Macapá (AP)

Para colocar um pé em cada hemisfério, conheça a cidade por onde passa a linha do Equador. O ponto turístico famoso é o Marco Zero, divisor imaginário das porções norte e sul do planeta. O acesso é feito de barco ou avião, vindo de Belém (PA), mas o esforço é recompensado, por exemplo, com a Fortaleza de São José, erguida para proteger o Rio Amazonas em 1782. Patrimônio da Humanidade, tem muralhas de cinco metros de altura. Na parte externa do monumento, a atração é o Parque do Forte, com decks próprios para observar o Rio Amazonas. Pistas de patins e de corrida ficam no Complexo Beira-Rio, conhecido por seus restaurantes com música ao vivo.


Teresina (PI)
Altas temperaturas são regra na capital, mas espaços arborizados amenizam o calor. O encontro dos rios Poty e Parnaíba é um programa quente. O Parque Ambiental Encontro dos Rios é famoso por seus passeios de barco, mas também pelo artesanato do núcleo de ceramistas. A arte em madeira com temática religiosa é outra especialidade local ; na Central de Artesanato, turistas se encantam com os objetos em fibra de buriti. Pratos como o capote, à base de galinha d;Angola, fazem sucesso. Para beber, peça a tiquira, aguardente de mandioca, ou a cajuína, suco de caju com gás eternizado na música de Caetano Veloso.

São Luís (MA)

O estilo arquitetônico do lugar é legado dos colonizadores portugueses que passaram por lá em 1612. Para ver sobrados e casarões decorados com belos azulejos, vá ao centro histórico, tombado pela Unesco. As fachadas dos edifícios foram preservadas, mas os interiores viraram espaços culturais, lojas e restaurantes. O reggae de Bob Marley e afins toma conta de bares, rádios e clubes e dá à capital alcunha de Jamaica brasileira. Do outro lado do Rio do Anil, passando pela ponte José Sarney, a parte nova da cidade é moderna e repleta de restaurantes requintados. Experimente o arroz-de-cuxá na orla da Lagoa da Jansen. A poucos quilômetros do centro, as melhores praias são Olho D;Água e Araçagi.

Aracaju (SE)
Estresse não tem lugar por aqui. Caminhar pela Orla de Atalaia, ver um dos mais belos espetáculos da natureza na Orla do Pôr do Sol e dar um mergulho na água morna são alguns dos programas relaxantes que a capital sergipana oferece. Outro ponto forte do lugar é a cultura. Museus premiados como o da Gente Sergipana e a Catedral Metropolitana, no centro, valem a visita. Um passeio pelos mercados centrais é útil para absorver a diversidade local, tanto pela culinária, quanto pelo artesanato. À noite, a Passarela do Caranguejo é o melhor lugar para se divertir e experimentar pratos regionais. Pirão de leite, carne de sol e, claro, o caranguejo são as estrelas do lugar.



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação