Pouco espaço no porta-mala

Pouco espaço no porta-mala

postado em 31/08/2017 00:00
 (foto: Fotos: Chevrolet/Divulgação)
(foto: Fotos: Chevrolet/Divulgação)


O espaço interno é bom, com bancos dianteiros confortáveis que apoiam bem o motorista e o passageiro, que têm boa visibilidade dianteira. No banco traseiro tem espaço para três pessoas, mas, apesar de o túnel no assoalho ser mais baixo, a saliência no meio do encosto incomoda quem senta ali. Mas tem cintos de segurança retráteis e apoios de cabeça para os três passageiros. Faltam entrada USB e saída de ar-condicionado para o banco traseiro. O porta-malas é apenas razoável para um hatch médio e é o menor do segmento, trazendo em seu interior o estepe de emergência. O acabamento interno é de boa qualidade, com couro nos bancos e nas portas. O painel tem material emborrachado, agradável ao toque, e detalhes cromados.

Dirigibilidade


O motor é um dos pontos fortes do Cruze Sport6. Tem bom torque em baixas rotações e o turbo entra em ação sem trancos, mas com muita eficiência, deixando o carro ainda mais ágil. Basta pisar no acelerador para sentir as respostas imediatas nas arrancadas e retomadas de velocidade. Pode confiar, que ele responde. O câmbio automático tem seis marchas bem escalonadas, e as mudanças são feitas de forma suave, sem trancos. Tem a posição S, que faz as trocas em rotações mais elevadas, mas o modo manual só pode ser operado por meio da alavanca, já que o carro não conta com os paddle shifts atrás do volante. Um deslize para um carro que ultrapassa a casa dos R$ 100 mil. O sistema start/stop, que desliga e liga o motor nas paradas, ajuda a economizar combustível.


A direção com assistência elétrica foi bem calibrada e tem bom diâmetro de giro, tornando o ato de dirigir mais confortável e seguro. As suspensões garantem boa estabilidade, com o carro sempre grudado ao chão, fazendo curvas com total segurança. A eletrônica contribui muito nesse quesito, já que o carro tem controles de tração e estabilidade. Mas, em termos de conforto, as suspensões transferem um pouco as irregularidades do solo quando sobre pisos irregulares. Os freios com discos nas quatro rodas e a sopa de letrinhas fazem o serviço necessário. O modelo tem visibilidade traseira ruim, mas a câmera de ré e o sensor de estacionamento resolvem o problema. E o motorista conta ainda com o sensor de ponto cego, que avisa a aproximação de outros veículos pelas laterais.

É um carro bem equipado, com acabamento de boa qualidade e conjunto mecânico eficiente, que garante dirigibilidade prazerosa e conta com uma central multimídia eficiente, além de sistema de som de boa qualidade e importantes itens de segurança. Dentre os concorrentes, Ford Focus e Peugeot 308 têm motores mais potentes, mas o Cruze ganha no conteúdo. A briga mais direta do Cruze Sport6 é com o VW Golf, que também tem sua legião de fãs.


Ficha técnica

Motor
150cv (g) a 5.600rpm e 153cv (e) a 5.200rpm e torques de 24kgfm (g) a 2.100rpm e 24,5kgfm (e) a 2.000rpm

Transmissão

Automática de seis velocidades

Suspensão

Dianteira independente, do tipo McPherson, e traseira semi-independente

Direção
Tipo pinhão e cremalheira, com assistência elétrica progressiva (EPS)

Freios

Discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira

Porta-malas
402 litros

Preço
Na versão LT, a partir de R$ 91.890. De R$ 103.990 a R$ 115.540 na LTZ



Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação