Carpegiani é demitido do Fla após derrota para o alvinegro

Carpegiani é demitido do Fla após derrota para o alvinegro

postado em 30/03/2018 00:00
 (foto: Gilvan de Souza/Flamengo
)
(foto: Gilvan de Souza/Flamengo )




Um dia depois de o Flamengo ser derrotado por 1 x 0 pelo Botafogo e dar adeus ao Campeonato Carioca nas semifinais, a diretoria do clube resolveu agir rápido e promover mudanças radicais. O rubro-negro anunciou as demissões do técnico Paulo César Carpegiani e do diretor-executivo de futebol Rodrigo Caetano. Os dois acabaram pagando o preço pela inesperada eliminação sofrida no clássico de quarta-feira, no Maracanã.

O treinador deixa o cargo após apenas 17 jogos. Ele tinha assumido no início de janeiro, no lugar do colombiano Reinado Rueda, então contratado como novo técnico da seleção chilena.

Nesse curto período de tempo, Carpegiani, de 69 anos, contabilizou 11 vitórias, três derrotas e três empates, um aproveitamento de 64,7%. Esse foi, por sinal, o fim da terceira passagem do técnico pelo comando da equipe rubro-negra.

A primeira delas foi gloriosa, pois, pouco após encerrar a carreira como jogador, conduziu o time às conquistas dos títulos da Libertadores e do Mundial de Clubes de 1981, ano em que também foi campeão carioca. Em seguida, em 1982, faturou o título do Campeonato Brasileiro, que, anteriormente, ganhou como jogador do time em 1980.

Depois dessa fase de ouro e a saída em 1983, ele assumiria novamente o Flamengo como técnico em 2000, quando não teve nem sombra do sucesso anterior e durou apenas 22 jogos no cargo. Ou seja, apenas cinco partidas a mais do que nessa passagem finalizada ontem.

Rodrigo Caetano, por sua vez, acabou demitido após três anos como diretor. Ele foi contratado no fim de 2014 e começou a prestar serviço ao clube no início de 2015, depois de ter trabalhado como dirigente no Vasco e no Fluminense.

Agora na busca para contratar um novo comandante, o Flamengo só voltará a campo em 14 de abril, quando estreia no Campeonato Brasileiro, contra o Vitória, fora de casa.


Tags

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação